Logo Giro

Notícias

Search
Close this search box.
giro

Osasco: vereadores aprovam moção que cobra fiscalização da Enel em postes de energia

Logo Giro
Vereadores querem que Enel amplie fiscalização nos postes (Divulgação/CMO)

Empresa foi cobrada pelos riscos e transtornos trazidos por cabos mal gerenciados. Parlamentares querem que a multinacional aumente a fiscalização nas empresas que fazem o uso dos postes

Os vereadores de Osasco aprovaram uma Moção de Apelo, da parlamentar Cristiane Celegato (Republicanos), que cobra da empresa Enel uma fiscalização em relação aos cabos elétricos e de serviços de TV e telefonia. ”Precisamos de eficiência na solução desses problemas. Além do efeito estético, há risco de acidentes com carros, motos e pedestres”, cobrou a vereadora.

O presidente da Casa, Ribamar Silva (PSD), sugeriu a realização de uma audiência pública com representantes da Enel para prestar esclarecimentos sobre o assunto. “Se a gente for trazer cada exemplo de postes com fios ineficientes, vai faltar sessão. Vamos debater o assunto com a empresa”, disse ele.

Já o vereador Adauto Tô Tô (PDT) relembrou um debate já feito na Câmara sobre os postes utilizados também por outras empresas – de telefonia e de TV a cabo. “O presidente da Enel esteve na Câmara e fez pouco caso da situação. Já foram perdidas muitas árvores por conta de fios enroscados nas árvores”, afirmou o vereador.

Carmônio Bastos, do Podemos, endossou a Moção e acrescentou que “poderia ser uma Moção de Repúdio, pois a empresa tratou com deboche as demandas apresentadas pela Câmara sobre os postes da Enel instalados em Osasco”.

O vereador Josias da Juco (PSD) falou sobre os moradores com reclamações da Enel por conta da má qualidade do serviço prestado pela empresa: “Uma moradora está sem energia há meses, por conta de problemas de ligação do ramal elétrico na rua dela. A empresa não se responsabiliza por esses problemas”, alertou o parlamentar.

“Não há uma equipe específica da Enel para atender as demandas de Osasco. Não há profissionais, nem carro para isso. Ainda bem que a manutenção da iluminação pública de Osasco não é mais responsabilidade da Enel”, acrescentou Josias.

Lúcia da Saúde (Podemos), falou da falta de comunicação das empresas sobre mudanças e manutenções feitas na cidade: “Falta comunicação das empresas com a cidade sobre as manutenções feitas na nossa cidade. Tem que ter a obrigatoriedade em avisar de podas de árvores realizadas por essas empresas”.

Zé Carlos Santa Maria (Patriota) reclamou de a empresa não cumprir as suas obrigações com a cidade: “Não se trata de uma questão de educação ou consideração. A empresa tem um contrato com a cidade e precisa cumpri-lo”.

Receba nossas notícias em seu e-mail

Cookie policy
We use our own and third party cookies to allow us to understand how the site is used and to support our marketing campaigns.

Headline

Never Miss A Story

Get our Weekly recap with the latest news, articles and resources.