Logo Giro

Notícias

Search
Close this search box.
giro

Cantora Lexa, que reside em Alphaville, pode ter bens bloqueados por dívidas de MC Guimê

Logo Giro
À Justiça, o rapper pede que a cantora não seja cobrada por uma dívida contraída por ele (Divulgação / Reprodução Redes Sociais)

Rapper foi condenado pela Justiça de SP a pagar uma dívida estimada, hoje, em R$ 2,9 milhões referente a um imóvel de luxo. Mansão do casal teria sido colocada à venda

A cantora Lexa pode ter parte de seus bens bloqueados pela Justiça devido a um processo no qual o seu marido, o cantor osasquense Guilherme Aparecido Dantas Pinho, conhecido como MC Guimê, foi condenado. Segundo determinação da Justiça, Lexa deve ter a retenção de 30% de seus rendimentos mensais — da quantia que ganha com a reprodução de suas músicas em plataformas digitais — para o pagamento da dívida do cantor. 

Cantora Lexa, que reside em Alphaville, pode ter bens bloqueados por dívidas de MC Guimê
Mansão de luxo em Alphaville teria sido colocada à venda (Arquivo Giro S/A / Reprodução Instagram)

Conforme noticiado pelo GIRO recentemente, em fevereiro de 2016, o cantor comprou imóvel localizado em um condomínio de luxo em Santana de Parnaíba, por R$ 2,2 milhões, mas teria deixado de pagar, aproximadamente, R$ 777 mil. Os credores, dois empresários, acionaram o poder judiciário e o cantor foi condenado a restituir R$ 421 mil a título de honorários advocatícios, além das correções sobre o valor, pelo não pagamento. A dívida total é estimada hoje em R$ 2,9 milhões.

LEIA TAMBÉM: Bradesco aciona MC Guimê na Justiça por dívida de R$ 164 mil.

Para os juízes que analisam o caso, Lexa é igualmente responsável pela dívida devido ao fato de ser casada com MC Guimê em comunhão universal de bens. Os dois moravam juntos na residência. Em segunda instância, desembargadores do Tribunal de Justiça de São Paulo decretaram a penhora de parte do dinheiro da artista.

DEFESA PEDE QUE LEXA NÃO SEJA COBRADA
À Justiça, o rapper pede que a cantora não seja cobrada por uma dívida contraída por ele, reforçando que a compra do imóvel foi realizada antes do casamento. A defesa de Lexa utiliza o mesmo argumento para retirar a responsabilidade da dívida sobre a cantora, que recorrerá da decisão.

Mc Guimê está com seus saldos bancários bloqueados e com bens penhorados pela Justiça de SP, incluíndo cachês e prêmios recebidos durante sua participação no reality Big Brother Brasil 23, exibido pela “TV Globo”. 

LEIA TAMBÉM: MC Guimê no BBB 23: cantor de Osasco foi de favorito a cancelado no reality.

O cantor alega que apenas “deixou de honrar com as parcelas finais do contrato”, pois os proprietários não entregaram o imóvel com as reformas que haviam sido combinadas. Sendo assim, ele teria feito o abatimento dos valores.

ANÚNCIO DE VENDA
Em um grupo de moradores de Alphaville no Facebook, circula o anúncio da venda do imóvel muito semelhante no qual o casal Lexa e Guimê residem. O valor não foi divulgado. Apenas consta a informação de que “aceita-se permuta por apartamento em São Paulo”.

Receba nossas notícias em seu e-mail

Cookie policy
We use our own and third party cookies to allow us to understand how the site is used and to support our marketing campaigns.

Headline

Never Miss A Story

Get our Weekly recap with the latest news, articles and resources.