Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

​Terminal de ônibus da Vila Yara, em Osasco, é alvo de críticas devido à falta de acessibilidade

Logo Giro
Vídeo foi tema de matéria no jornal Bom Dia São Paulo (Reprodução/TV Globo)

Nos últimos dias um vídeo gravado por um motorista de ônibus no Terminal Amador Aguiar, no bairro Vila Yara, em Osasco, viralizou nas redes sociais e foi noticiado na manhã da última quarta-feira (26) no telejornal “Bom Dia São Paulo”, da TV Globo.

Nas imagens divulgadas, é possível ver uma idosa tentando subir as escadas da passarela que liga a avenida dos Autonomistas ao terminal, com o auxílio de um andador. No áudio do vídeo, enquanto filmava, o motorista relata que, diariamente, a senhora sobe a escada pois não tem por onde passar. “Ela usa esse apoiador e é perigoso. Nós tentamos ajudar, mas ela não aceita. Outro dia ela quase caiu. Vejam a dificuldade que ela tem para subir essas escadas. Para descer é pior ainda”. 

O terminal foi reformado e foi entregue em fevereiro deste ano (Divulgação/Prefeitura de Osasco)

Terminal passou por recente reforma
O empreendimento foi reinaugurado em fevereiro deste ano, após passar por ampla reforma e revitalização. O local faz a integração do transporte de ônibus da parte oeste da Região Metropolitana de São Paulo e atende, em média, 15.000 pessoas ao dia. A área construída agora tem 17 mil metros quadrados e bicicletário com capacidade para 32 bicicletas. A obra foi idealizada pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) do governo estadual, com investimento de R$ 31,5 milhões.

EMTU se manifesta
Em nota, a EMTU afirma que o Terminal Amador Aguiar foi projetado e construído seguindo todas as normas de acessibilidade. “Os pedestres têm quatro opções de acesso: pelas rampas nos dois lados das entradas e dois elevadores internos de acesso gratuito conectando os dois níveis da avenida dos Autonomistas. A passarela em questão é de responsabilidade da Prefeitura, original do antigo terminal, para acesso ao shopping municipal de Osasco, no andar superior, que também pode ser acessado pelos elevadores”, diz a EMTU.

A reportagem do Giro S/A procurou a secretaria de Comunicação da Prefeitura de Osasco e, até o fechamento da matéria, não obteve o retorno. Caso a administração municipal retorne a solicitação, o texto será atualizado.

Receba nossas notícias em seu e-mail