Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Poupança: saques superam depósitos em R$ 2,8 bilhões

Logo Giro
O rendimento da caderneta de poupança é de 0,5% ao mês + TR (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O resultado refere-se ao 1º semestre deste ano. Apesar de negativo, é o melhor resultado de aplicação na poupança para o período desde 2020

Em junho, as aplicações nas cadernetas de poupança superaram as retiradas em R$ 12,8 bilhões, de acordo com o Banco Central. Apesar de positivo, o resultado foi insuficiente para compensar as perdas dos primeiros meses do ano. Desta forma, a aplicação encerrou o 1º semestre com captação líquida negativa de R$ 2,8 bilhões. As informações são do portal UOL.

+SIGA os canais de notícias do GIRO no WhatsappTelegram e Linkedin

Poupança: melhor resultado desde 2020

Este foi o 7º trimestre seguido que a caderneta de poupança teve perdas. O valor é resultado de R$ 2,03 trilhões aplicados e R$ 2,04 trilhões sacados da aplicação no período.

Apesar de negativo, o resultado é o melhor da aplicação para o 1º semestre desde 2020. No mesmo período de 2023, as retiradas da poupança foram R$ 66,6 bilhões maiores do que os aportes na caderneta. O volume representa a maior perda de toda a série histórica, iniciada em 1995, para um semestre. Em 2021 e 2022, as captações líquidas ficaram negativas em, respectivamente, R$ 16,5 bilhões e R$ 50,5 bilhões.

Apenas no mês de junho, o volume de aplicações foi superior ao de saques em R$ 12,8 bilhões. O resultado positivo vem de R# 348 bilhões depositados e R$ 225,3 bilhões retirados da caderneta. A maior capitação ocorreu no dia 28 com saldo de R$ 9,6 bilhões.

Resumindo, o saldo final da poupança volta a superar R$ 1 trilhão após dois anos. A marca havia sido atingida pela primeira vez desde julho de 2022 (R$ 1,007 trilhão). Com o desempenho positivo do mês de junho, o valor passou de R$ 993,3 bilhões para R$ 1,011 trilhão.

Atualmente, o rendimento da caderneta de poupança é de 0,5% ao mês + TR (Taxa Referencial). O percentual vale para sempre que a taxa básica de juros figurar acima de 8,5% ao ano. Atualmente, a Selic está em 10,5% ao ano.

Com informações do portal UOL.

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos seguintes municípios: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista. Agora, junta-se a eles, a cidade de Jundiaí.

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

Receba nossas notícias em seu e-mail