Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Osasco, Cotia e mais seis cidades tiveram saldo positivo de 3.100 empregos em fevereiro, aponta Caged

Logo Giro
Osasco foi o município que mais gerou empregos em fevereiro, com saldo positivo de 928 contratações (Francisco Cepeda/Giro S/A)

Entre as 12 cidades que integram o consórcio Cioeste, Osasco foi o município que mais gerou empregos no período, com saldo positivo de 928 contratações com carteira assinada

O saldo de empregos com carteira assinada em fevereiro foi positivo em oito das 12 cidades da região metropolitana oeste da Grande São Paulo que integram o consórcio Cioeste. No total, foram geradas 3.186 novas oportunidades de trabalho, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) consultados pela reportagem do GIRO.

O resultado no período foi melhor em comparação ao mês de janeiro, no qual apenas quatro municípios registraram saldo positivo de 1.330 novas vagas. O saldo positivo significa o número de admissões menos o número de desligamentos no determinado mês.

LEIA TAMBÉM: Primeiro lugar na região: Barueri abriu mais de 15 mil vagas de emprego em 2022.

DESTAQUES
Osasco foi o município que mais gerou empregos em fevereiro, com saldo positivo de 928 contratações com carteira assinada. Foram 8.678 admissões e 7.750 desligamentos. Santana de Parnaíba ficou na segunda posição, com 2.552 contratações e 1.904 demissões, um saldo de 648 novas vagas de emprego.

Em terceiro lugar aparece Carapicuíba, com saldo positivo de 605 admissões. Foram contratadas 1.845 profissionais e demitidos 1.240.

São Roque obteve saldo positivo de 278 vagas, Itapevi 240, Cotia chegou a 212 e Pirapora do Bom Jesus teve 178 admissões. Vargem Grande Paulista registrou 97. Araçariguama, Cajamar, Barueri e Jandira obtiveram saldo negativo: – 15, – 1.185, – 1.027 e – 7, respectivamente.

No Estado de São Paulo, o saldo positivo foi de 65.356. No Brasil, 241.785.

Osasco, Cotia e mais seis cidades tiveram saldo positivo de 3.100 empregos em fevereiro, aponta Caged
Santana de Parnaíba ficou em 2º lugar na geração de empregos em fevereiro: 648 novas vagas (Uelson Henkell/Giro S/A)

Receba nossas notícias em seu e-mail