Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

“Mulas” são presas por tráfico internacional de drogas em Carapicuíba

Logo Giro
Investigadores de Carapicuíba efetuaram as prisões das mulas bolivianas (Divulgação/Polícia Civil)

Investigadores da Delegacia de Carapicuíba apreenderam três quilos de cocaína em 272 cápsulas engolidas por “mulas” vindas da Bolívia

Após monitorarem uma quadrilha responsável por receber drogas vindas do exterior através de “mulas”, Policiais Civis do 1º DP de Carapicuíba prenderam seis pessoas na tarde desta quinta-feira, 4.
A investigação, conduzida pelo Delegado Titular do 1º DP de Carapicuíba, Dr. Marcelo José do Prado apontou que um indivíduo seria o responsável por captar as pessoas na Bolívia para trazer as drogas para o Brasil. Segundo a Polícia, uma vez inseridas no território nacional, as drogas eram diluídas e vendidas em vários pontos de vendas, inclusive em Carapicuíba.

Os Policiais se dirigiram a um endereço onde essas pessoas seriam mantidas em cárcere privado. Em uma residência no bairro da Mooca, em São Paulo, os policiais constataram que realmente ali era o cativeiro dessas pessoas. Ao entrarem no imóvel, foram localizados um homem, quatro mulheres e uma criança, todos de origem boliviana. No local foram encontradas 250 porções de “pasta base de cocaína”.

Os Policiais apuraram que o endereço usado pelo responsável pelas drogas era em um hotel no bairro do Cambuci, usado como depósito de drogas, após as pessoas as expelirem.

Foi solicitado apoio e os Policiais se dirigiram ao endereço, onde fizeram campana e viram o indivíduo saindo de dentro do hotel com uma sacola nas mãos. Ele foi abordado e com ele foram encontradas pedras de pasta base de cocaina. Ao ser indagado sobre as drogas em seu quarto, o homem confirmou e indicou onde estaria o entorpecente. Lá foram apreendidas mais 22 porções de droga. Ao ser questionado sobre a residência onde as “mulas” seriam mantidas em cárcere, ele confirmou que no local haviam cinco pessoas que estariam mantidas ali até que expelissem o entorpecente.

O grupo foi preso em flagrante e encaminhado ao 1º DP de Carapicuíba, onde foi providenciado contato com um médico formado em medicina na Bolívia, a fim de que o mesmo servisse de intérprete, por ser fluente na língua. Os indiciados foram cientificados de seus direitos constitucionais, bem como do direito de ter comunicada sua autoridade consular, e optaram por apresentar sua versão sobre os fatos confessando o crime. No total foram apreendidos mais de 3kg de cocaína em 272 cápsulas.

A criança, uma menina de apenas 1 ano e 3 meses foi entregue ao Conselho Tutelar de Carapicuíba. As cinco pessoas, com idades entre 25 e 42 anos foram transferidas ao Pronto Socorro da Vila Dirce com a finalidade de constatar se ainda possuiam cápsulas de entorpecentes em seus corpos, ficando em observação médica, para só então serem levados às respectivas cadeias públicas.

O caso foi registrado no 1º DP de Carapicuíba, em boletim de natureza “Drogas sem autorização ou em desacordo (Art.33, caput) – Entorpecentes – Causas de aumento (ambos da Lei 11.343/06); Associarem-se duas ou mais pessoas – arts. 33, caput e § 1o, e 34 (Art.35,caput); e Seqüestro e cárcere privado (art. 148) § 2º – Se resulta à vítima, em razão de maus-tratos ou da natureza da detenção, grave sofrimento físico ou moral”.

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Oeste Metropolitana de São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes.    

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

*Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

YouTube video

Receba nossas notícias em seu e-mail