Logo Giro

Notícias

Search
Close this search box.
giro

Imposto de renda: entenda o que muda com a nova tabela

Logo Giro
A declaração anual deve ser feita entre os dias 15 de março e 31 de maio (Joédson Alves/Agência Brasil)

Trabalhadores que ganham até dois salários mínimos, ou seja, R$ 2.824,00, ficam isentos de pagar imposto de renda; confira mais detalhes

Você ganha até dois salários mínimos? Se a resposta for sim, saiba que trabalhadores que recebem até R$ 2.824,00 ficam, agora, isentos de pagamento de imposto de renda. O novo aumento da faixa de isenção da cobrança foi editada no dia 6 de fevereiro pelo Governo Federal. Com a medida, ocorreram mudanças para quem declara e paga o tributo, com alterações na tabela progressiva mensal. As informações são da Agência BrasilImposto de renda: entenda o que muda com a nova tabela.

Assim como em 2023, apenas o limite de isenção, que corresponde ao piso da tabela progressiva, foi elevado. As demais faixas de tributação permanecem sem mudanças desde 2015.

A nova tabela de Imposto de Rena Pessoa Física (IRPF) passa a valer imediatamente, com efeito na folha de pagamento do mês de fevereiro. A declaração anual deve ser feita entre os dias 15 de março e 31 de maio e não considera apenas o salário. Os rendimentos que o contribuinte teve ao longo do ano anterior – como recebimento de aluguel, indenização trabalhista, venda de imóvel, herança, entre outros – também são considerados.

Imposto de renda

Oficialmente, o limite máximo da alíquota zero está fixado em R$ 2.259,20. No entanto, para garantir a isenção para quem recebe até R$ 2.824, haverá desconto simplificado de R$ 564,80 da renda sobre a qual deveria incidir o imposto. Esse desconto corresponde à diferença entre os dois valores: limite de isenção e dois salários mínimos.

A Receita Federal destaca que o desconto simplificado é opcional. Para quem tem direito a deduções maiores pela legislação atual, como dependentes, pensão alimentícia, gastos com educação e saúde, nada mudará.

Confiram abaixo, a tabela progressiva mensal do IR, já com o desconto aplicado ao salário:

Base de CálculoAlíquotaParcela a deduzir do IR
Até R$ 2.259,20ZeroZero
De R$ 2.259,21 até R$ 2.826,657,5%R$ 169,44
De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,0515%R$ 381,44
De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,6822,5%R$ 662,77
Acima de R$ 4.664,6827,5%R$ 896
Fonte: Receita Federal

Aprovação do Congresso

Assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva na noite de terça-feira, a medida provisória já está em vigor. No entanto, para que o novo limite de isenção se torne definitivo, o texto precisará ser aprovado pelo Congresso em até 120 dias.

Desde maio do ano passado, o teto para a isenção de IRPF estava em R$ 2.640, correspondente a dois salários mínimos pelos valores de 2023. Caso a faixa de isenção não fosse corrigida, quem recebesse entre R$ 2.640,01 e R$ 2.824 pagaria alíquota de 7,5% sobre essa diferença.

Com informações de Agência Brasil.

Imposto de renda: entenda o que muda com a nova tabela
Os rendimentos que o contribuinte teve ao longo do ano anterior, além do salário, também entram na declaração anual de IR (Divulgação/Freepik)

LEIA MAIS: Setor de Serviços cresce 2,3% em 2023, segundo IBGE

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Metropolitana da Grande São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes.    

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

*Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

Receba nossas notícias em seu e-mail

Cookie policy
We use our own and third party cookies to allow us to understand how the site is used and to support our marketing campaigns.

Headline

Never Miss A Story

Get our Weekly recap with the latest news, articles and resources.