Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Food Service: 80% consideram o delivery uma opção lucrativa

Logo Giro
iFood, sediado em Osasco, destaca-se também em pesquisa com consumidor, sendo o preferido, com 77%(Divulgação/iFood)

Pesquisa da Galunion com operadores de food service destaca ainda o iFood, com sede em Osasco, como um dos canais mais usados (69%)

Do total de negócios que atuam no setor de Food Service, 80% consideram o delivery uma operação lucrativa. Esse é um dos dados da recente “Pesquisa Alimentação Hoje: a visão dos operadores de food service”, realizada pela Associação Nacional de Restaurantes (ANR), Galunion – consultoria especializada no mercado foodservice – e ABIA (Associação Brasileira da Indústria de Alimentos).

Dos canais mais usados, 69% utilizam iFood, empresa brasileira especializada em delivery online sediada no município de Osasco. Recentemente, o GIRO noticiou que motoboys e entregadores de delivery, de empresas como o iFood, iniciam greve nacional no serviço de entrega nesta sexta (29), na busca por melhores condições de trabalho e salários.

Food Service: delivery presente em 68% dos estabelecimentos

Ainda segundo o levantamento, o delivery está presente em 68% dos estabelecimentos. Já o take away é praticado por 57% dos operadores. Para quem não sabe, o take away é um modelo operacional derivado do delivery, mas sem logística de envio do pedido em domicílio. Ou seja, o próprio cliente é quem retira o pedido na loja.

“Esse dado da presença do serviço de entrega é interessante, pois, se comparado à edição anterior, tivemos queda de 86% para 68% dos respondentes dizendo que trabalham com delivery. Apesar de uma queda real do percentual, podemos observar que a diminuição foi mais acentuada nas operações de padaria, passando de 82% para 46%. Já em relação aos demais restaurantes de serviço completo, rápido e autosserviço, a queda média foi de 15% nas operações que indicam ter delivery”, explica Nathalia Royo, responsável por Inteligência de Mercado e Marketing da Galunion.

Food Service: 80% consideram o delivery uma opção lucrativa
Dos entrevistados, 56% consideram a operação delivery totalmente lucrativa (Divulgação/Galunion)

iFood é o canal mais usado

Quando o assunto da “Pesquisa Alimentação Hoje: a visão dos operadores de foodservice” foi os canais para delivery, apenas 19% dos entrevistados usam apenas canais de terceiros para captação de pedido; sendo que 46% utilizam tanto canais próprios como de terceiros.

Dos canais mais usados, 69% utilizam iFood, 63% WhatsApp e 50% têm o telefone como canais de venda para delivery. Em relação à logística de entrega, 36% usam funcionários próprios e 39% usam serviços de plataformas terceiras. Neste caso, enquanto 78% dos que usam plataformas terceiras para delivery estão satisfeitos com os serviços prestados, 83% acreditam que o preço dos serviços ainda é elevado.

Pesquisa com o consumidor

O iFood também aparece em primeiro lugar em outro estudo intitulado “Alimentação hoje: a visão do consumidor”, também realizado pela consultoria Galunion, de 12 a 22 de junho de 2023. Quando questionados sobre os métodos preferidos para solicitar o serviço de delivery, os participantes elencaram as top 3 opções. As que mais se destacaram foram o iFood, com 77%, o WhatsApp com 71% e o aplicativo próprio do local com 41%. O estudo contou com 1.003 entrevistas respondidas por pessoas a partir de 18 anos, das classes ABC, em todo o território nacional.

O estudo ainda quis entender quais os dois principais motivos que levam o cliente a pedir comida por delivery ou take away. Com 55%, a rapidez foi apontada como critério de escolha e, por isso, é possível verificar que os negócios focados no quick service acabam se destacando, principalmente aqueles que oferecem salgados, hambúrgueres e sanduíches. Em segundo lugar, 51% buscam promoções quando optam pelo delivery.

Food Service: 80% consideram o delivery uma opção lucrativa
A rapidez destaca-se como principal motivo para a escolha do delivery (Divulgação/Galunion)

Sobre a “Pesquisa Alimentação Hoje: a visão dos operadores de food service”

A mais recente edição da pesquisa teve 33% a menos de presença de operações 100% delivery entre os respondentes, quando comparado com a edição de novembro de 2022. Em contrapartida, houve maior presença de respondentes de autosserviço, com um aumento de 63% em comparação à última edição. Esta é uma constatação importante para entender a queda do percentual de operações que indicam ter delivery, já que a média de restaurantes de autosserviço que utilizam delivery (59%) é bem menor que a média de restaurantes de serviço completo e rápido que usam tal serviço (76%).

Desde 2020, a consultoria Galunion realiza pesquisas com operadores de bares, restaurantes, lanchonetes, padarias, cafeterias, entre outros, que atuam neste segmento para verificar a evolução do mercado. E um dos quesitos que vem se destacando há três anos é o delivery, canal fundamental tanto na pandemia como nos dias de hoje.

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 15 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Metropolitana da Grande São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes. 

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

Receba nossas notícias em seu e-mail