Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Polícia Civil e MPSP desarticulam comércio ilegal de TV por assinatura em Carapicuíba

Logo Giro
Todos os cabos instalados em postes e imóveis pela companhia clandestina foram retirados (Divulgação/Polícia Civil)

Ação visa desmontar estrutura de transmissão espalhada por ao menos 110 endereços na cidade. Falsa peradora comercializava pacotes com canais distribuídos em grandes operadoras como Claro e Vivo

Agentes da Polícia Civil e Ministério Público de São Paulo (MPSP) realizaram uma operação conjunta em Carapicuíba, para desmontar estrutura de transmissão de TV por assinatura clandestina. A ação ocorreu na manhã de segunda-feira (31), em 110 endereços da cidade. As informações são do portal de notícias “G1”.

De acordo com as investigações, a falsa operadora comercializava, de forma ilegal, pacotes com canais presentes em grandes operadoras como Claro e Vivo. O nome da empresa que realizava a distribuição do sinal de televisão não foi divulgado.

Para identificar a base operacional das transmissões, segundo o “G1”, foi realizado um levantamento prévio. Todos os cabos instalados em postes e imóveis pela companhia clandestina foram retirados.

Receba nossas notícias em seu e-mail