Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

No combate à dengue, prefeitura de Barueri realiza blitz em diversos bairros

Logo Giro
As ações ensinam que deve-se evitar acúmulo de água parada em pneus velhos e garrafas, por exemplo (Divulgação/Prefeitura de Barueri)

Na cidade, casos da doença aumentaram 35,7% de janeiro a setembro de 2022, em comparação ao mesmo período do ano passado. Jardim Maria Helena, Engenho Novo e Jardim Belval recebem a ação

A temporada de chuvas está próxima e, com ela, os casos de dengue devem aumentar. No fim de outubro, o Ministério da Saúde lançou a campanha “Todo dia é dia de combater o mosquito”. De olho na questão e com o intuito de eliminar o mosquito Aedes Aegypti, mosquito transmissor da doença, o Departamento Técnico de Controle de Zoonoses (DTCZ), da Vigilância em Saúde de Barueri, tem adotado ações preventivos nos bairros da cidade. Esse mosquito também pode transmitir dengue, zica, chikungunya, além de febre amarela, doenças chamadas de arboviroses.

Em 19 de novembro, Dia Nacional de Combate à Dengue, ocorrerá uma blitz, com distribuição de material educativo, no Bairro Jardim Maria Helena. Serão 18 agentes de controle e prevenção de endemias (ACEs) que orientarão a população sobre a importância da eliminação de criadouros do mosquito Aedes Aegypti.

Blitz nos bairros
De 21 e 26 de novembro, os bonecos Dengoso, Dengosa e o Agente Prevenido participarão de blitzes em outros bairros do município, como Engenho Novo e Jardim Belval. “São necessárias atitudes de cada um de nós. Todas muito simples a serem realizadas no cotidiano da população, como armazenamento correto de pneus, garrafas, lixos, vedação das caixas d’água, utilização de telas em portas e janelas das residências, varrer bem os quintais e colocar areia em pratinhos de plantas, enfim, retirando de utensílios condições para que não possam acumular água parada”, explica Rafael Adão Buozo, diretor técnico da Vigilância em Saúde

O Aedes Aegypti prolifera-se nas épocas de maior chuva e altas temperaturas. Portanto, deve-se evitar acúmulo de água parada em pneus velhos e garrafas com boca virada para cima.

Segundo dados da Secretaria de Saúde de Barueri, os casos de dengue aumentaram 35,7% de janeiro a setembro deste ano em comparação ao mesmo período de 2021. Foram registrados 57 casos em 2022, sem óbito, e 42 no ano passado, com um falecimento por dengue.

Para mais informações ou denúncias de acúmulo de água ou presença do mosquito, basta ligar, gratuitamente, para o disk dengue: 0800-7717207. O serviço funciona de segunda a sexta-feira.

Receba nossas notícias em seu e-mail