Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Mobilidade Urbana: conheça mais do Trem Intercidades Oeste

Logo Giro
Tarifa do Madrugador já está disponível para trens e metrô
Benefício é válido na CPTM (Divulgação/Governo do Estado de SP)

O Trem Intercidades Oeste vai ligar a capital a cidades como Osasco, Barueri, Carapicuíba, Jandira, Itapevi, São Roque e o município de Sorocaba; confira mais

Com o objetivo impulsionar o transporte público e oferecer mais opções de mobilidade, o governo do Estado de São Paulo retomou os investimentos no setor ferroviário, por meio do programa “SP nos trilhos”. Um dos destaques do programa é o Trem Intercidades (TIC) Oeste.

A linha vai permitir a ligação férrea, entre a capital junto a cidades como Osasco, Barueri, Carapicuíba, Jandira, Itapevi, São Roque e o município de Sorocaba. Após a conclusão, o trajeto será feito em 60 minutos. Com aproximadamente 100 km de trilhos na extensão, a rota tem demanda estimada de 50 mil passageiros por dia, até 2040.

Atualmente, o deslocamento rodoviário tem duração de 110 minutos de carro e 130 minutos de ônibus. Ao Giro, o governo estadual informou que o TIC Oeste ainda passa por estudos técnicos que definirão qual o traçado, as regiões atendidas, estações, entre outras informações. O investimento será deR$10 bilhões e os editais serão lançados a partir de 2025.

Leia Mais: Mobilidade: governador Tarcísio de Freitas assina extensão da Linha 4

A proposta é realizar uma parceria público-privada (PPP) com base nas diretrizes de traçado da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). O escopo do projeto abrange a pré-viabilidade e estruturação. Os estudos estão sendo realizado pela International Finance Corporation (IFC) do Banco Mundial.

Trem Intercidades Oeste: mais detalhes do projeto


Mobilidade Urbana: conheça mais sobre o Trem Intercidades Oeste
Projeto conta com apoio do Bndes (Divulgação/Governo do Estado de SP)

Conforme o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes), que integra o projeto, a nova linha férrea irá promover a integração econômica e conexão física de duas importantes regiões metropolitanas, bem como a mudança de modos dependentes de combustíveis fósseis para uma alternativa de transporte público limpa.

“Em relação à sustentabilidade, o Trem Intercidades colabora diretamente com o meio ambiente, pois surge como uma opção de transporte público, reduzindo o trânsito de veículos automotores nas ruas, além de ser movido por energia elétrica”, ressaltou o governo estadual, à reportagem.

Junto a isso, ainda segundo Bndes, o trajeto também gerará a possibilidade de serviços complementares com paradas em cidades intermediárias no eixo São Paulo – Sorocaba.

Trem Intercidades: outras propostas

Em outra proposta, o TIC Eixo Leste vai ligar as cidades de São Paulo e São José dos Campos, com projeto previsto em cerca de R$ 10 bilhões e já sob análise de viabilidade técnica e estruturação financeira. A extensão total da linha pode ficar entre 80 km e 130 km, com geração de cerca de 5 mil empregos e tempo de trajeto estimado em 75 minutos.


Mobilidade Urbana: conheça mais sobre o Trem Intercidades Oeste
O projeto do TIC Eixo Sul vai ligar a capital a Santos (Divulgação/Governo do Estado de SP)

O projeto do TIC Eixo Sul, que vai ligar a capital a Santos, é estimado em torno de R$ 15 bilhões e entrou na etapa de estudos de viabilidade do projeto e modelagem de negócio. A extensão total do novo ramal férreo deverá ter entre 80 km e 115 km, com previsão de geração de 13 mil empregos para as obras.

Leia Mais: Nova passarela de Amador Bueno, em Itapevi, deve ser entregue no fim deste ano

O projeto é uma alternativa para desafogar o sistema de rodovias Anchieta-Imigrantes, que atualmente é a principal ligação entre a cidade de São Paulo e a Baixada Santista.

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos seguintes municípios: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista. Agora, junta-se a eles, as cidades de Jundiaí e São Paulo.

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

Receba nossas notícias em seu e-mail