Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Linhas da EMTU de Osasco e região terão reajuste nas tarifas

Logo Giro
Reajustes seguiram o Índice de Preços ao Consumidor (Divulgação/EMTU)

Aumento na tarifa das linhas de Osasco e região levou em consideração o reajuste dos combustíveis; medida entra em vigor dia 1º de janeiro

Entra em vigor na segunda-feira (1º), os novos valores das tarifas das linhas de ônibus intermunicipais presentes em Osasco, Barueri e outras dez cidades da Região Oeste da Grande São Paulo, gerenciadas pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU).

As modificações nos preços das passagens valem para Regiões Metropolitanas de São Paulo, Baixada Santista, Campinas, Sorocaba, Vale do Paraíba e Litoral Norte.

Segundo a empresa estatal, percentual de reajuste médio nas linhas intermunicipais gerenciadas pela é de 13,64%, significativamente inferior à inflação de 28,40%, acumulada desde a última revisão tarifária, em janeiro de 2020, segundo Índice de Preços ao Consumidor (IPC), da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE).

Além disso, as correções tiveram como fatores o aumento dos combustíveis e outros bens de consumo de operação, como a elevação do custo de mão de obra, e no caso dos veículos elétricos, também a elevação do custo da energia elétrica.

Leia Mais: Parque Gloob Super Jump é destaque em shopping de Osasco

De acordo com a EMTU, as tarifas das linhas variam conforme a região em que estão inseridas, trajeto percorrido e também o tipo de serviço prestado – comum, seletivo, especial, corredor e VLT, por exemplo.

Entre as alterações, a rota 468 – Santana de Parnaíba / Cotia, que possuía valor de passagem de R$ 6,65, passará a ser R$ 7,55. Já a rota, 842 – Caucaia do Alto/ Metrô Morumbi, teve o valor ajustado de R$ 7,80 para R$ 8,90. Enquanto o trajeto o 230 – Alphaville (Barueri) / Vila Yara (Osasco) foi de R$ 6,30 para R$ 7,05.

Todas as novas tarifas por linhas podem ser consultadas no site da EMTU.

Pagamento com cartões de crédito e débito

Os usuários das linhas gerenciadas pela EMTU em Osasco, Barueri e outras dez cidades da Região Oeste da Grande São Paulo, na capital paulista e Região Metropolitana de São Paulo podem realizar o pagamento das tarifas, pagamento por cartões de crédito ou débito.

A ação pode ser feita utilizando cartões de crédito ou débito, tanto físicos, como os digitais, disponíveis nas carteiras digitais, nos smartphones e wearables, os aproximando no validador diretamente na catraca do veículo.

Leia Mais: Minha Irmã e Eu e Mamonas Assassinas estreiam em Osasco e região

Linhas da EMTU de Osasco e região terão reajuste nas tarifas
Bandeiras Mastercard, Visa e Elo são aceitas como pagamento nos ônibus da EMTU (Divulgação/EMTU)

Com a modalidade, segundo a EMTU, os passageiros do transporte público paulista podem passar pela catraca utilizando um cartão de débito ou crédito das bandeiras Mastercard, Visa e Elo. Caso o usuário do transporte coletivo tenha dúvidas se o seu cartão é ou não habilitado para o uso via pagamento por aproximação, basta contatar seu banco para confirmar a funcionalidade.

Sobre a EMTU

Linhas da EMTU de Osasco e região terão reajuste nas tarifas
Estatal administra mais de 900 linhas metropolitanas (Divulgação/Governo do Estado de SP)

Vinculada à Secretaria dos Transportes Metropolitanos, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) é controlada pelo Governo de São Paulo. A estatal fiscaliza e regulamenta o transporte metropolitano de baixa e média capacidade nas cinco regiões metropolitanas do Estado: São Paulo, Campinas, Sorocaba, Baixada Santista e Vale do Paraíba / Litoral Norte.

Leia Mais: Crecisp: contratos de locação crescem 128,55% em Osasco e região

Juntas, as áreas somam 134 municípios e o transporte de quase dois milhões de pessoas por dia. A empresa estatual gerencia e supervisiona mais de 900 linhas metropolitanas.

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Metropolitana da Grande São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes.    

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

*Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

Receba nossas notícias em seu e-mail