Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Junho Vermelho: mês da conscientização da doação de sangue

Junho Vermelho: mês da conscientização da doação de sangue
Fundação Pró Sangue tem programação especial para o Junho Vermelho (Divulgação/Governo do Estado de SP)

O movimento “Junho Vermelho” incentiva a doação voluntária e orientar a população, sobre a importância de manter estoques seguros de sangue; saiba mais

Mundialmente, o mês de junho ascende o alerta sobre a conscientização sobre a doação de sangue. O movimento incentiva a doação voluntária e orientar a população, sobre a importância de manter estoques seguros de sangue para atendimentos emergências e cirurgias eletivas.

Ao longo de todo o período, a fundação Pró Sangue, que conta com postos nas cidades de Osasco e Barueri, conta com uma programação especial para celebrar o Dia Mundial do Doador de Sangue e homenagear os doadores.

Empresas participam das festividades do Junho Vermelho na instituição, que começa com a realização da 4ª edição da campanha da Hello Kitty, promovida pela Sanrio. Nas unidades do Hospital Regional de Osasco e Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran, terão um banner para registro do evento.

Leia Mais: Logística: empresa tem mais de mil vagas em Barueri e Jundiaí

Enquanto, os postos Clínicas e Dante, na capital paulista, receberão a personagem no dia 14 e contarão com uma boneca de fibra e um painel para quem quiser tirar fotos.

Além disso, empresas como Letraria Cultural, Dona Deôla, Brownie do Luiz e The Nutty Bavarian também contribuirão com a celebração na Pró-Sangue.

Junho Vermelho em Itapevi

Em Itapevi, nos dias 18 e 25 de junho, haverá um posto de doação de sangue, no Teatro Municipal de Itapevi, na rua Professor Irineu Chaluppe, 65, Jardim Itapevi, das 9h às 16h.

A meta da campanha é conseguir a doação de 500 bolsas de sangue. O evento será realizado em parceria com o Grupo H.Hemo. A ação tem sido realizada pela gestão municipal desde 2018.

Os interessados em doar devem preencher o formulário no site da Prefeitura. O doador precisa ser maior de idade, ter mais de 50 quilos e não ter feito tatuagem nos últimos meses.

Junho Vermelho em Barueri

Junho Vermelho: mês da conscientização da doação de sangue
Em Barueri, há uma lei que incentiva as doações de sangue (Ciete Silvério/Governo do Estado de SP)

Para incentivar as ações, que desde 2017, a administração municipal de Barueri instituiu o “Junho Vermelho”, por meio da lei municipal nº 2.499, de 09 de março.

Segundo a Prefeitura barueriense, uma doação de sangue capaz de salvar até quatro vidas. Isso porque o sangue doado pode ser fracionado em quatro hemocomponentes, a saber: hemácia, plasma, plaquetas e crioprecipitado.

“Todos os tipos de sangue são importantes. Contudo, existem alguns fatores que costumam registrar maior escassez nos estoques dos hemocentros, a exemplo dos sangues O+ e O-. Este último, por exemplo, é o do doador universal (compatível com todos os outros tipos sanguíneos), sendo muito utilizado nas emergências, quando não há tempo hábil de fazer a tipagem no paciente”, explicou a Prefeitura.

Com tudo, apesar de ser muito usado, este fator tem uma menor prevalência na população, o que acaba impactando no seu nível de reserva, que costuma estar sempre em estado crítico.

Quem pode doar?

  • Ter entre 16 e 69 anos de idade, sendo que a primeira doação deve ter sido feita até 60 anos incompletos. Os doadores com menos de 18 anos devem estar acompanhados pelo responsável;
  • Pesar no mínimo 50kg;
  • Estar alimentado, porém sem refeições pesadas (gordurosas) nas três horas que antecedem a doação;
  • Portar documento oficial e original de identidade com foto e dentro do prazo de validade (RG, carteira profissional, carteira de habilitação).

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos seguintes municípios: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista. Agora, junta-se a eles, as cidades de Jundiaí e São Paulo.

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

Receba nossas notícias em seu e-mail