Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

EXCLUSIVO: vítima de Thiago Brennand, moradora de Santana de Parnaíba fala sobre extradição

Logo Giro
Stefanie Cohen, modelo e estudante de Medicina: "A justiça dos homens e de Deus vai vencer" (Divulgação / Arquivo Pessoal)

À reportagem do GIRO, a modelo e estudante de Medicina, Stefanie Cohen, afirmou: “Me sinto feliz, com o dever cumprido. Que ele pague por todos os crimes

“Como disse desde que comecei o processo, confio na Justiça brasileira. Repeti isso sempre. Hoje, tivemos a prova de que com os esforços de todos, conseguimos que um fugitivo fosse obrigado a comparecer e cumprir suas cinco prisões preventivas. Ele fugiu, postergou, mas a justiça dos homens e de Deus vai vencer”, afirmou, com exclusividade ao GIRO, a modelo e estudante de Medicina, Stefanie Cohen, moradora de Santana Parnaíba que alega ter sido dopada e estuprada pelo empresário em 2021.

Na tarde deste sábado (15), Stefanie conversou com a reportagem do GIRO para falar sobre notícia da extradição de Thiago Brennand para o Brasil autorizada pelos Emirados Árabes Unidos. A informação foi publicada pelo portal de notícias “G1”. “Me sinto feliz, com o dever cumprido. Que ele pague por todos os crimes que cometeu. Chega de fugir para hotel 5 estrelas”, acrescentou a modelo.

Em dezembro do ano passado, a Embaixada brasileira em Abu Dhabi apresentou a documentação complementar requerida pela Chancelaria emirática. Em março de 2023, foi informada que o pedido de extradição seguia em análise. A solicitação foi realizada com base em promessa de reciprocidade em casos análogos, já que não há acordo bilateral sobre a matéria em vigor entre Brasil e os Emirados Árabes Unidos. O Acordo de Extradição entre Brasil e Emirados Árabes foi assinado em 15/3/2019 e ratificado em 4/10/2021.

Cinco mandados de prisão no Brasil
O empresário possui cinco mandados de prisão preventiva em território brasileiro, por acusações de agressão a uma modelo, sequestrar e tatuar uma segunda mulher e estuprar Stefanie Cohen. Pesa ainda sobre Brennand a acusação de agredir o filho, dos cinco a 14 anos de idade.

Conforme publicado pelo GIRO, Stefanie revelou que conheceu Brennand em um restaurante da capital paulista quando comemorava com as amigas a conquista de um concurso de Miss. Saíram para jantar e, no final, Brennand pediu duas caipirinhas. A miss afirma ter sido dopada. Em seguida, o empresário a levou para um hotel, onde diz ter sido estuprada. Em seguida, Brennand queria levá-la para sua mansão na cidade de Porto Feliz, interior de SP, mas ela conseguiu escapar.

O crime ganhou repercussão nacional após a jovem conceder entrevista ao “Fantástico”. “Ele é um completo monstro. Não tem como um ser humano não achar que ele é um monstro”.

Receba nossas notícias em seu e-mail