Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Barueri tem 44% de índice de isolamento na segunda-feira, o menor da região

Logo Giro
Veja os índices de isolamento nas cidades da região na segunda-feira (11) (Imagem: Giro S/A)

Nenhuma das cidades da região atingiu os 55% de índice de isolamento nesta segunda-feira (11), segundo os dados medidos pelo Simi – Sistema de Monitoramento Inteligente do governo do estado (confira como ficou o índice de cada cidade no gráfico desta matéria). 

Contudo, das cidades da região, a mais preocupante é Barueri, que registrou ontem apenas 44% no isolamento. O percentual está muito distante do índice mínimo estabelecido pelo Centro de Contingenciamento do Coronavírus para relaxar as medidas da quarentena, que é de 55%.

Até o momento, a cidade não adotou decreto obrigando uso de máscaras nos espaços públicos e comércio e serviços essenciais, nem adotou quaisquer medidas restritivas para aumentar a adesão ao isolamento, o que, segundo o prefeito Rubens Furlan (PSDB), cercearia o direito de ir e vir de seus cidadãos. 

De acordo com o prefeito, a cidade tem registrado índices baixos de isolamento devido à população flutuante, ou seja, a que apenas trabalha na cidade, mesmo a maioria das empresas estando fechadas.


Vidas 

“A flexibilização dependerá da adesão e participação do maior número possível de pessoas”, declarou nesta segunda-feira (11) o governador João Doria (PSDB). A taxa de isolamento acima de 55%, no entanto, é apenas um dos critérios do governo para começar um relaxamento das medidas de isolamento no estado. O Centro de Contingenciamento vai depender também da queda do número de mortes e da taxa de ocupação de leitos de UTI.

Se as taxas de adesão ao isolamento não subirem, o lockdown, que é a medida restritiva de circulação, não está descartado. “Não descartamos medidas mais restritivas. Ela não está sendo aplicada no momento. Não há protocolo iminente, mas ele não está descartado. Esperamos que ele não tenha que ser praticado, mas dependemos muito [da adesão da população]”, disse Doria.

Segundo pesquisadores da Unicamp, o isolamento social, nos índices atuais, está salvando em média 15 mil vidas a cada duas semanas, ou, uma vida a cada  72 segundos. Se aumentar a adesão, o número de vidas salvas aumenta também.

Receba nossas notícias em seu e-mail