Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

ViaMobilidade substitui 30 km de trilhos nas Linhas 8 e 9

Logo Giro
Equipe de via permanente realiza troca de dormentes na Estação Comandante Sampaio (linha 8-Diamante) (Divulgação / ViaMobilidade)

Na região, os trens das Linhas 8 e 9 circulam diariamente em cidades como Osasco, Barueri, Carapicuíba, Itapevi e Jandira, diz ViaMobilidade

Responsável pela operação e manutenção das Linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda de trens metropolitanos, a concessionária ViaMobilidade atingiu seu objetivo para 2023 ao substituir 15 mil dormentes e 30 quilômetros de trilhos nas Linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda. Somente na cidade de Osasco, a estação de trem localizada no Centro da cidade recebe, em média, cerca de 50 mil passageiros em dias úteis.

A iniciativa tem o propósito de oferecer mais conforto e segurança aos passageiros, reduzindo o desgaste dos trens e minimizando vibrações e ruídos, beneficiando também os moradores das áreas vizinhas.

As substituições dos dormentes ocorrem tanto de forma manual quanto mecanizada, com o uso de uma retroescavadeira rodoferroviária, que transita tanto sobre o asfalto quanto sobre os trilhos. Este serviço, executado em horários específicos, não interfere na operação comercial, elevando a segurança operacional.

ViaMobilidade substitui 30 km de trilhos nas Linhas 8 e 9
Troca mecanizada de dormentes entre as estações Carapicuíba e Santa Terezinha (Divulgação / ViaMobilidade)

Em 2024, a meta será maior, garante a ViaMobilidade

A ViaMobilidade planeja substituir todos os dormentes de madeira por peças de concreto, mais duráveis e que oferecem maior estabilidade ao sistema, melhorando a fixação dos trilhos.

Atualmente, de um total de 400 mil dormentes nas vias das Linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, 115 mil são de concreto, enquanto outros 100 mil estão em pátios de manobra e estacionamento. Além dos 15 mil já substituídos este ano, a previsão é de trocar 18 mil em 2024 e, a partir de 2025, 10 mil por ano.

Quanto aos trilhos, até o final de 2024, serão substituídos 60 quilômetros nas vias principais, de um total de 315 quilômetros. Dessa meta inicial, 30 quilômetros já foram substituídos em 2023 por peças novas, algumas com barras de mais de 100 metros de comprimento, otimizando os trabalhos de substituição e garantindo a segurança e o conforto dos passageiros.

A equipe de Via Permanente realiza medições de desgaste com um aparelho a laser para definir o momento da troca dos trilhos, que ocorre quando atinge o valor máximo de desgaste na parte superior do trilho. Todos os trabalhos de manutenção, tanto de troca de trilhos quanto de dormentes, são realizados durante a madrugada, quando não há operação comercial, e aos finais de semana, de forma programada.

Até o fim de 2024, serão substituídos 60 quilômetros de trilhos nas principais vias
(Divulgação / ViaMobilidade)

Alan Santana, gerente executivo de Manutenção da ViaMobilidade Linhas 8 e 9, destaca: “A modernização da via permanente está entre as nossas prioridades de atuação, uma vez que o contrato de concessão prevê investimentos nas linhas 8 e 9 nos cinco primeiros anos de contrato. Nosso desafio se torna ainda maior em razão da pequena janela de tempo que temos para executar os trabalhos de manutenção, que são programados entre 1h e 3h da manhã, quando o serviço de transporte não está operando. Em alguns casos, chegamos a triplicar as equipes de manutenção para acelerar ao máximo o processo das melhorias.”

Investimento bilionário
Desde o início da concessão, em janeiro de 2022, a ViaMobilidade já investiu cerca de R$ 2,5 bilhões dos R$ 4 bilhões previstos até o início de 2026. Esses investimentos incluem a reforma das vias, a aquisição de 36 novos trens, a manutenção e modernização da rede aérea e obras nas estações, visando proporcionar maior confiabilidade ao sistema, além de segurança e conforto aos passageiros.

A ViaMobilidade Linhas 8 e 9 é a concessionária responsável pela operação e manutenção das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda de trens metropolitanos de São Paulo.

A Linha 8-Diamante conta com 22 estações, conectando Júlio Prestes a Amador Bueno, com integrações nas linhas 3-Vermelha e 7-Rubi. Já a Linha 9-Esmeralda, que vai de Mendes-Vila Natal a Osasco, possui 20 estações e integrações com as linhas 4-Amarela, 5-Lilás e 8-Diamante, e futuramente com a Linha 17-Ouro de monotrilho.

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Metropolitana da Grande São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes.    

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

*Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

Acompanhe o GiroCast

YouTube video

Receba nossas notícias em seu e-mail