Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Coronavírus: sem pânico no Brasil

Logo Giro

Dois profissionais da área da saúde entrevistados pela reportagem do Giro S/A foram enfáticos: não há motivo para pânico no Brasil em relação ao coronavírus. “Devido ao grande trânsito global de pessoas é provável que tenhamos pessoas com esta doença no Brasil, no entanto não há motivo para pânico”, enfatiza Dr. Francisco Ivanildo Oliveira Júnior, infectologista e gerente de Qualidade e Controle de Infecção Hospitalar do Sabará Hospital Infantil. E complementa: “Existe um plano de enfrentamento organizado em níveis nacional e local, que inclui treinamento dos profissionais para identificação dos casos suspeitos, diagnóstico e atendimento adequado.”

Fonte: Ministério da Saúde

O Dr. Fernando Gatti, infectologista da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, também ressalta que não há motivo para pânico. “Estamos preparados para a identificação, monitoramento, tratamento dos casos para a prevenção da disseminação”, afirma Gatti. Segundo o médico, as organizações de saúde têm recebido informações atualizadas do Ministério da Saúde, alinhadas com CDC (Atlanta) e a Organização Mundial de Saúde, com reuniões e material didático para a aplicabilidade das estratégias.

A suspeita de coronavírus em Santana de Parnaíba foi descartada. No Brasil, há nove casos suspeitos. Na China, já foram confirmados 28.060, com 564 mortes. Em outros 24 países, mais de 200 casos confirmado, com uma morte nas Filipinas. Números apurados até o fechamento da edição.

Pacientes oncológicos em regime de quimioterapia ou radioterapia apresentam redução da imunidade. “Portanto, ficam mais susceptíveis a aquisição de infecções, inclusive pelo novo coronavírus”, diz o médico do Albert Einstein.

O paciente com sintomas deve utilizar máscara cirúrgica a partir do momento da suspeita. “No Sabará, recomendamos que os profissionais da saúde utilizem medidas de precaução padrão, de contato e de aerossóis (máscara N95, luvas, avental não estéril e óculos de proteção). O isolamento deve ser mantido até a alta”, destaca o médico do Sabará Hospital Infantil.

O que é o coronavírus?

O Novo agente, denominado 2019-nCoV, faz parte de uma família de vírus chamada de Coronavírus. Eles recebem este nome porque parecem uma coroa, quando vistos no microscópio eletrônico Alguns tipos infectam seres humanos e outros, somente animais. Podem causar desde um resfriado comum até quadros graves, como pneumonia e insuficiência respiratória. O novo coronavírus provavelmente é decorrente de mutação de um vírus de origem animal que não atingia humanos e, nos últimos meses, passou de um animal para uma pessoa em um mercado de frutos do mar e animais vivos na cidade de Wuhan, na China. Fonte: Sabará Hospital Infantil.

Receba nossas notícias em seu e-mail