Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Osasco, Barueri e mais quatro cidades somam 10 mortes por dengue

Cidades da região continuam com alta nos casos de dengue (Divulgação/Governo de SP)

Osasco tem cinco óbitos por dengue. Na sequência, com uma morte cada, vem as cidades de Barueri, Cajamar, Cotia, Itapevi e Santana de Parnaíba

Os casos de dengue nas 12 cidades que compõem a Região Metropolitana Oeste da Grande SP seguem em alta. Dados do Painel de Monitoramento coordenado pela Divisão de Dengue, Chikungunya e Zika, da Secretaria Estadual de Saúde, apontam 10 mortes pela doença até o dia 3 de maio.

Osasco é a cidade com o maior registro de óbitos pela doença. Até o momento são 5 casos. Na sequência estão as cidades de Barueri, Cajamar, Cotia, Itapevi e Santana de Parnaíba com uma morte cada uma. Ainda de acordo com os dados da Secretaria Estadual de Saúde, até o momento, as 12 cidades da região Metropolitana Oeste de SP registram 18.447 casos de dengue.

Quando o assunto é número de casos, Osasco surge como a cidade com mais registros da doença (7.465); na sequência está Cotia (2.828). Em terceiro lugar aparece Santana de Parnaíba (2.774), seguida por Carapicuíba com (1.835) e Cajamar (1.654). Já o Estado de São Paulo registra 879.226 mil casos confirmados de dengue em 2024. Até o momento, são 581 mortes. Para ajudar no combate à doença foi criado o portal “Dengue 100 Dúvidas”.

Portal “Dengue 100 Dúvidas”

Para ajudar no combate à doença, começou em fevereiro, o portal “Dengue 100 Dúvidas”, lançado pelo Governo de SP, por meio da Secretaria de Estado da Saúde. Os cidadãos terão acesso a um serviço que esclarece as principais dúvidas sobre as doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti, causador da dengue e outras doenças. O site faz parte do conjunto de anúncios realizado pelo Comitê de Operações de Emergências (COE) do Estado de São Paulo.

Estado de São Paulo ultrapassa 104 mil casos confirmados de dengue
Objetivo do portal Dengue 100 Dúvidas é esclarecer a população sobre sintomas e formas de combater os focos do mosquito transmissor (Arquivo/Agência Brasil/Divulgação)

O portal reúne as 100 perguntas mais frequentes sobre a dengue, zika e chikungunya nos buscadores de internet. Além de orientar sobre o combate ao mosquito, a ação ajuda a desmistificar fake news que circulam nas redes sociais. Basta acessar www.dengue100duvidas.sp.gov.br.

Ações casa a casa

Já a Defesa Civil do Estado tem mobilizado as equipes para intensificar a orientação à população e reforçar as ações de combate ao mosquito nas residências. Para os municípios que necessitem de apoio da Defesa Civil ou do Exército para as atividades de campo no dia D, está disponível um e-mail disponível para receber as solicitações: coe@saude.sp.gov.br.

Estado de São Paulo ultrapassa 104 mil casos confirmados de dengue
Governo deve intensificar as ações em busca de focos de dengue nas residências (Fábio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil)

O Estado também entregou para todas as prefeituras a campanha “A água mais mortal pode estar no seu quintal”, um material didático e comunicativo para distribuição à população. Estes informes também serão distribuídos para todas as escolas públicas do estado, tanto municipal, quanto estadual, e podendo ser distribuído também nas escolas particulares.

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Oeste Metropolitana de São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes.    

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

*Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

YouTube video

Receba nossas notícias em seu e-mail