Logo Giro

Notícias

Search
Close this search box.
giro

Justiça aceita denúncia de estudante de Medicina de Santana de Parnaíba contra empresário Thiago Brennand

Logo Giro
Stefanie diz se sentir em paz com aceitação da denúncia pela Justiça de SP (Reprodução/Site Gshow)

Stefanie Cohen esteve no programa “Encontro” e conversou com a apresentadora Patrícia Poeta. “Fiz a coisa certa, cumpri o meu dever, que começou no Fantástico quando dei meu primeiro depoimento”

Na manhã de terça-feira (20), a estudante de Medicina Stefanie Cohen, moradora de Santana de Parnaíba, esteve no programa “Encontro” com Patrícia Poeta, da TV Globo, para falar sobre a Justiça de São Paulo ter aceitado a denúncia contra o empresário Thiago Brennand por ter estuprado a jovem no ano passado. Brennand é réu em seis processos. Atualmente, o empresário responde em liberdade a um pedido de extradição da Justiça brasileira nos Emirados Árabes. Segundo a Procuradoria-Geral de Justiça de SP, a resposta, com a expectativa de ser positiva, deve sair em até três meses.

Ao saber da notícia sobre a aceitação da denúncia pela Justiça, Stefanie afirmou sentir paz. “Eu senti que fiz a coisa certa, cumpri o meu dever, que começou no Fantástico (programa) quando dei meu depoimento. Aquele dia resolvi mostrar o rosto, que outras vitimas mostrariam também e que quebraria esse tabu que existe com vítimas de crimes sexuais. Tudo isso me trouxe paz, o processo de cura, que eu nem imaginava”, disse a estudante durante conversa com a apresentadora Patrícia Poeta.

Stefanie destacou ainda que recebeu muito carinho das pessoas. “Fui abraçada por um Brasil inteiro, recebi muitos relatos de vítimas que se calaram por anos e resolveram, agora, falar e foram incentivadas pelo meu depoimento”, ressaltou ela.

IMPUNIDADE OU NÃO?
A estudante de Medicina não acredita que será mais um caso de impunidade no Brasil. “Confio no Ministério Público, fui acolhida pelo MP e vejo a seriedade do trabalho deles. Agora, chegou o momento dele pagar pelos seus atos”, disse.

Convidado do programa, Mario Sarrubbo, procurador-geral de Justiça-SP, transmitiu confiança que o trabalho do MP está sendo feito e que se conseguirá a punição de Thiago Brennand. “Estamos fortemente empenhados para que ele volte para o Brasil e possa responder a todas essa acusações. Nossa expectativa e de que ele seja condenado em todas as acusações. Temos provas robustas. O caminho é longo, mas temos certeza que chegaremos num resultado muito positivo”, disse Sarrubbo.

A expectativa, segundo o procurador-geral de SP, é de que em dois ou três meses o procedimento de extradição possa terminar nos Emirados Árabes, onde Brennand encontra-se no momento, e o empresário seja detido e enviado ao Brasil. “Não há acordo de extradição entre o Brasil e o Emirados Árabes. A lei permite que ele responda o nosso pedido em liberdade. Hoje, estão vendo se não se trata de crime de viés político ou de algum crime que não tenha a punição naquele país. Mas tortura, estupro e cárcere privado são punidos também nos Emirados Árabes”, explicou.

DENUNCIE
Tanto Stefanie como Sarrubbo comentaram no programa que as vítimas devem procurar o Ministério Público. “Quanto mais denúncias e prisões decretadas, mais fortes os argumentos para que se consiga a extradição. E que ele responda por esse crimes no Brasil”, afirmou o procurador-geral.

“Sei que existe medo, que ele passa essa imagem de ser poderoso. Não podemos deixar que o dinheiro nos cale. Juntas conseguiremos derrubar esse monstro”, alertou Stefanie.

A reportagem do Encontro tentou falar com a defesa de Thiago Brennand, mas não obteve retorno.

ENTENDA O CASO
No dia 3 de agosto, Thiago Brennand agrediu a modelo e atriz Helena Gomes em uma academia em São Paulo. As câmeras de segurança do espaço gravaram as cenas. O empresário foi denunciado pelo Ministério Público de SP por lesão corporal no dia 4 de setembro.

Porém, horas antes da denúncia, de madrugada, ele viajou para o exterior (Dubai). No dia seguinte, 5, novas denúncias contra o empresário surgiram. Considerado foragido da polícia, Brennand chegou a ser preso pela Interpol em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Ele pagou fiança e foi solto.

Atualmente, o empresário aguarda em liberdade a decisão para uma possível extradição. Leia matéria completa do GIRO acessando o seguinte link:

Violência: estudante de Medicina de Santana de Parnaíba denuncia empresário por estupro

Receba nossas notícias em seu e-mail

Cookie policy
We use our own and third party cookies to allow us to understand how the site is used and to support our marketing campaigns.

Headline

Never Miss A Story

Get our Weekly recap with the latest news, articles and resources.