Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Estado grave: subcomandante da GCM de Cotia foi atingido por 8 tiros

Logo Giro
Luciano Stephano de Oliveira Leite é subcomandante da GCM de Cotia (Divulgação/PMC)

Polícia investiga se tragédia em Cotia foi motivada por problemas relacionados à escala de trabalho. Agente está internado no Hospital Regional

Segue internado em estado grave, o subcomandante da Guarda Civil Municipal (GCM) de Cotia, Luciano Stephano de Oliveira Leite. Ele foi baleado na manhã desta quarta-feira (7), com ao menos oito tiros durante uma discussão com outro guarda municipal. O incidente ocorreu na base da corporação que fica no bairro Vila Monte Serrat, na região central.

A Polícia Civil que comandará as investigações apura se a tragédia foi motivada por problemas relacionados à escala de trabalho. Ainda segundo informações das autoridades, nesta manhã, o agente que estava com uma arma de uso pessoal, teria entrado em conflito com seu superior, o subcomandante da corporação. Ao ver a discussão, um inspetor tentou acalmar os ânimos.

“O desentendimento teria sido motivado pela não apresentação de um certificado necessário para a manutenção de seu porte de arma (conforme exigência da Policia Federal) e, portanto, ele estaria cumprindo serviço operacional. Os disparos foram feitos por uma arma pessoal, que estaria guardada em seu carro particular”, afirmou a Prefeitura de Cotia, por meio de nota à imprensa.

Morte de dois agentes da GCM de Cotia

Estado grave: subcomandante da GCM de Cotia foi atingido por 8 tiros
Subcomandante foi encaminhado para o Hospital Regional de Cotia (Reprodução/Redes Sociais)

Após disparar contra os dois colegas, o indivíduo atentou contra a própria vida. Uma das vítimas, identificada como Carlos Roberto Pires, atuava como inspetor na corporação. Ele foi atingido por um tiro em um dos olhos e morreu ainda no local.

Já o subcomandante foi atingido por oito disparos, sendo dois nas costas e seis na região do peito. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), ele segue internado no Hospital Regional de Cotia.

Leia Mais: Caso Bethaville: cliente aciona Corregedoria para apurar conduta de policiais

Ao Jornal Giro, o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) informou que o caso será investigado pela Guarda Civil Municipal de Cotia e também pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Cotia. Peritos do Instituto de Criminalística devem fazer a perícia no local. O corpo do GCM que atirou contra os colegas já foi retirado do local.

Prefeito de Cotia lamenta tragédia

Em nota divulgada por meio das redes sociais, o prefeito de Cotia, Rogério Franco (PSD), afirmou que a administração municipal prestará todo o apoio aos familiares dos envolvidos no caso e lamentou o episódio. “Toda nossa solidariedade aos amigos e familiares nesse momento de tanta tristeza. Nos colocamos à disposição no que for necessário para esclarecer o que ocorreu e, sobretudo, para dar apoio aos familiares dos nossos Guardas”, ressaltou o gestor público.

*Matéria em atualização.  

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Metropolitana da Grande São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes.    

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

*Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

Acompanhe o GiroCast

YouTube video

Receba nossas notícias em seu e-mail