Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Barueri registra 85 pontos no Programa Município VerdeAzul

Logo Giro
O PMVA incentiva as prefeituras a implementarem políticas públicas com foco no desenvolvimento sustentável (Benjamim Sepulvida/Secom Barueri)

Barueri ficou em 14° lugar no ranking de municípios entre 100.000 e 499.999 habitantes e na 1ª colocação na Região Metropolitana Oeste

A Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente (Sema) de Barueri registrou 85 pontos no Programa Município VerdeAzul (PMVA), edição 2022-2023. A cidade conquistou pela primeira vez o título de “Município Certificado”, a classificação mais alta do Programa, ficando em 14° lugar no ranking de municípios entre 100.000 e 499.999 habitantes e na 1ª colocação na Região Metropolitana Oeste.

A cerimônia de entrega da certificação ocorreu no dia 19 de dezembro, no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista, e contou com a presença de Tarcísio de Freitas, governador do Estado de São Paulo, representantes do Meio Ambiente e de autoridades municipais de diversas cidades.

Barueri: comprometimento público

No total, 412 cidades participaram da edição 2022-2023 do programa, sendo que 60% delas (280) alcançaram os critérios estabelecidos e receberam certificados nas categorias Certificado, Qualificado I e Qualificado II, conforme a pontuação.

Marco Antônio de Oliveira (Bidu), secretário da Sema, declarou que “esse ótimo resultado é fruto do trabalho árduo e comprometido de diversas unidades diretas e indiretas da administração pública municipal, que se empenharam em implementar e aprimorar ações ambientais ao longo dos últimos anos.  É um reconhecimento importante para o nosso município e para todas as pessoas que se dedicaram a essa conquista.”

Programa Município VerdeAzul

O PMVA, que em Barueri é planejado e executado pela Sema, almeja alinhar a gestão ambiental do Estado e dos municípios por meio de diretivas e da promoção de capacitação técnica, além de incentivar as prefeituras a implementarem políticas públicas locais com foco no desenvolvimento sustentável.

Essa pontuação é resultado da continuidade e aprimoramento das ações realizadas por secretarias e instituições do município, além de outras entidades. Outros fatores contribuíram para o aumento da nota da cidade: estrutura de governança ambiental; revisão dos Planos de Saneamento e de Mata Atlântica; e o fortalecimento do Órgão Gestor da Política Municipal de Educação Ambiental (OGPMEA). Além disso, diversos Atos Normativos associados ao meio ambiente e a contribuição da Sabesp nas tarefas exigidas pelo Programa também foram importantes. 

Confira algumas das ações:

– Inclusão de elementos de sustentabilidade em processos licitatórios de compras como, por exemplo, a aquisição de móveis em conformidade com certificação florestal sustentável; 

– Expansão da iluminação pública com lâmpadas LED e aproveitamento de energia solar e águas pluviais; 

– Ações educativas de prevenção de riscos, como o Programa “Agentes Multiplicadores de Defesa Civil”; 

– Cultivo agroecológico de alimentos pelo Projeto “Horta da Gente” do Programa “Renascer”; 

– Ampliação de ciclovias e ciclofaixas;

– Avaliação da emissão de poluentes do ar e o uso de tecnologias ambientais em veículos públicos para o combate à poluição atmosférica; 

– Avanços no planejamento e nos índices de saneamento básico (água, esgoto, manejo de resíduos sólidos e drenagem urbana); 

– Realização de plantios de mudas, com preferência para espécies nativas; 

– Atuação na área de bem-estar animal, com destaque para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas); e

– Ações de educação ambiental para fortalecimento de políticas públicas voltadas à melhoria da qualidade de vida e do meio ambiente.

Barueri registra 85 pontos no Programa Município VerdeAzul
Da esquerda para a direita: Ivan Vanderley Silva, secretário Adjunto de Meio Ambiente de Barueri; Andrei Gusmão, engenheiro Ambiental e interlocutor suplente do Programa Município VerdeAzul; Ana Maria da Silva. técnica ambiental e interlocutora titular do programa; Edson Oliveira, diretor do Departamento de Planejamento Ambiental; e Sarita de Oliveira, diretora de Comunicação e Eventos da SEMA (Benjamim Sepulvida/Secom Barueri)

LEIA MAIS: Azul, sediada em Barueri, evita a emissão de 100 mil toneladas de CO2

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Metropolitana da Grande São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes.    

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

*Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

Receba nossas notícias em seu e-mail