Logo Giro

Notícias

Search
Close this search box.
giro

13º salário: especialista dá dicas para investir seu dinheiro

Logo Giro
O 13.º salário deve injetar em torno de R$ 291 bilhões na economia nacional em 2023 (Divulgação/Freepik)

Segundo pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e do SPC, 29% dos assalariados planejam investir e poupar o salário extra

O 13.º salário deve injetar em torno de R$ 291 bilhões na economia nacional em 2023, segundo dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). De acordo com pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em parceria com a Offerwise, o dinheiro será usado para presentes de Natal por 33% dos trabalhadores que possuem direito ao benefício, o que representa 23 milhões de consumidores.

Por outro lado, 29% planejam economizar, poupar ou investir em algum tipo de aplicação. “O final do ano é o momento das comemorações e nada mais justo que aproveitar esse período com o 13º. É importante, porém, utilizar o extra como um fundo, e uma boa opção é investir esses recursos como uma forma de segurança futura”, ressalta Adriana Zandoná, gerente de Desenvolvimento de Negócios da Central Sicredi PR/SP/RJ, que possui unidade em Barueri.

13º salário: dicas para aplicar o dinheiro

A profissional dá algumas dicas de como escolher a melhor forma de aplicar o 13º salário, considerando o perfil do investidor, seja ele conservador, moderado, arrojado ou agressivo.

Investidores conservadores

Para quem nunca investiu ou não tem preferência por investimentos de longo prazo, Adriana recomenda aplicar em produtos de renda fixa. A opção mais conhecida é a poupança, que oferece vários benefícios aos poupadores: 

  • Remuneração garantida e não sujeita a oscilações do mercado financeiro, como ações e fundos de investimentos.
  • Sem incidência de Imposto de Renda para pessoas físicas e jurídicas (no caso de empresas/PJs desde que sem fins lucrativos). 
  • Não há taxa de administração sobre o valor aplicado.
  • É um investimento com liquidez, ou seja, permite ao poupador o resgate imediato do recurso, evitando a necessidade de cumprir prazos ou pagar penalidades no caso de necessidade de saque.
  • Ideal para quem está começando a investir e precisa de uma aplicação financeira com regras fáceis, seguras e estáveis.
  • Recomendável como reserva financeira, onde o investidor, mensalmente, define um valor para ser guardado, evitando que o recurso fique na conta corrente e seja consumido entre as despesas mensais e corriqueiras. 

“A segurança de contar com um investimento de fácil compreensão é um dos pontos fortes da poupança, junto com a gestão e uso do recurso sem qualquer carência. Somado aos outros benefícios, a poupança se torna muito atrativa para quem está começando a investir ou para aquelas pessoas que também têm outros produtos, como Renda Fixa e Renda Variável, mas que querem ter uma reserva financeira com maior liquidez e menos exposição a oscilações de mercado”, explica a gerente da Sicredi.

Perfis moderados

Para investidores moderados, são indicados investimentos em fundos de renda fixa e variável. Exemplos incluem o fundo de inflação e os fundos multimercado, opções mais voláteis, mas que apresentam uma rentabilidade acima da Selic. Segundo a especialista, o fundo de inflação é indicado para investimentos de médio a longo prazo, uma vez que segue a rentabilidade do indicador IMA-B, composto por vários títulos públicos federais.

O fundo multimercado é uma opção de diversificação, pois investe em diversas classes de ativos como ações, títulos, câmbio e outros. “Esse fundo possibilita ao gestor a mudança das posições ao longo do mês, conforme a movimentação do mercado, buscando um retorno mais elevado; em contrapartida, tem maior volatilidade, comparado com investimentos mais conservadores”, afirma Adriana.

Opções arrojadas

Para investimentos a longo prazo e com rentabilidade maior, existem opções em renda variável. Alguns dos fundos possíveis são Ibovespa, Ações Sustentáveis ESG e Petrobras, com aplicações mínimas de R$ 500 e R$ 200. “Esses fundos são destinados a investidores de perfis moderado e arrojado, que busquem retornos ao longo do tempo e aceitem oscilações nas suas aplicações. Os fundos do nosso portfólio contam com gestão profissional especializada em análise de mercado e seleção de ações, sempre buscando otimizar os resultados”, finaliza a gerente.

13º salário: especialista dá dicas para investir seu dinheiro
Para Adriana Zandoná, gerente de Desenvolvimento de Negócios da Central Sicredi PR/SP/RJ, o investimento representa uma segurança para o futuro (Divulgação/Sicredi)

LEIA MAIS: Santana de Parnaíba anuncia chegada de fábrica e novos empregos

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Metropolitana da Grande São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes.    

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

*Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

Receba nossas notícias em seu e-mail

Cookie policy
We use our own and third party cookies to allow us to understand how the site is used and to support our marketing campaigns.

Headline

Never Miss A Story

Get our Weekly recap with the latest news, articles and resources.