Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Osasco tem 8,9% de cobertura vegetal em seu território, diz Inventário Florestal do estado de SP

Logo Giro
Parque Chico Mendes é um dos 13 parques municipais, onde a concentração de áreas verdes é maior (Divulgação/Prefeitura de Osasco)

Dados da secretaria estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, obtidos através do Mapeamento Temático da Cobertura Vegetal Nativa de São Paulo e registrados no Inventário Florestal do estado de 2020, revelam que Osasco tem poucas áreas verdes.

Com 6.491 hectares (ha) de território e uma população de 696.382 habitantes, a cidade conta com apenas 577 m² p/ha, ou um total de 8,9% de cobertura vegetal. Uma porcentagem extremamente baixa, se comparada, por exemplo, à cidade mais arborizada do Brasil, Goiânia (GO), que tem 89,3% de sua região coberta de áreas verdes (Ranking do IBGE de 2010).

A urbanização sem controle de Osasco e os muitos anos de destruição das áreas verdes fez com que o município chegasse nessa situação, obviamente com aumento da poluição e diminuição da qualidade de vida da população. Gestões municipais passadas, que eram bem mais focadas na economia do que propriamente na preservação, ajudaram a piorar o cenário. A conscientização acerca da importância da preservação do meio ambiente, infelizmente, é bem recente (a partir do ano 2000) e algumas iniciativas públicas tentam reverter todas as perdas passadas.

Segundo Fábio Grossi, secretário de Meio Ambiente de Osasco, a cidade ainda não fez o inventário de sua área verde, mas trabalha em conjunto com o estado através do programa “Município Verde Azul”, que publica anualmente o Ranking Ambiental dos municípios paulistas com o Indicador de Avaliação Ambiental (IAA). “As ações realizadas anualmente vêm sendo registradas desde 2018, sendo que naquele ano foram plantadas 4.500 mudas; em 2019 mais 4.500; em 2020 mais 4.500; em 2021 mais 4.500; e nesse ano de 2022, já estamos em 2.500 mudas plantadas. Essas são as ações da nossa secretaria para ampliar as áreas verdes e melhorar os índices do município”, revela. Grossi acrescenta que a cidade conta ainda com o setor de fiscalização para combater o desmatamento irregular e mantém ainda o projeto de recuperação de nascentes, identificando e cadastrando as que se encontram dentro do município.

Informações recebidas da Secom de Osasco dizem que a área verde remanescente é protegida, de acordo com a legislação: Lei Municipal nº 3995/2005 e Lei Federal nº 12651/2012. “Toda área protegida se dá por meio da legislação específica: Área de Preservação Permanente (APP) e Área de Proteção Ambiental (APA) – são essas as duas áreas de proteção que temos no município. No total, Osasco possui 13 áreas verdes, que são áreas municipais – os parques públicos.”

Iniciativas da sociedade civil

Em março deste ano, em comemoração ao Dia Mundial da Água, a Comissão de Meio Ambiente da 56ª Subseção da Ordem dos Advogados (OAB) de Osasco/SP deu início a campanha a “Água Nasce, Não Se Fábrica. Proteja E Preserve As Nascentes“. Na cidade, as nascentes estão secando, por conta de toda supressão das matas, entre outras causas, o que impõe à municipalidade a promoção de ações socioambientais e investimentos para atender os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, previstos na Agenda 2030.

Outra iniciativa é a “Virada Verde Osasco”, ação de uma organização homônima sem fins lucrativos que visa recuperar o meio ambiente da cidade reduzindo em 10% o lixo que vai para o aterro e aumentando para 6,5m² a área verde por habitante. De acordo com as informações de sua página na Internet, esses objetivos serão alcançados tornando as árvores nas zonas de proteção ambiental e bairros residenciais imunes ao corte; exigindo a compensação ambiental e parede de plantas para construções de grande porte; e educando e dando incentivos à reciclagem. Há um abaixo assinado aberto à população para que no prazo de um ano essas ações sejam colocadas em prática. Acesse a página: https://www.change.org/p/apoie-a-virada-verde-mais-%C3%A1rvores-na-cidade-protegidas-do-corte-menos-lixo

Mais informações sobre a “Virada Verde” podem ser obtidas no link: https://www.flowcode.com/page/viradaverdeosasco?fbclid=IwAR3pYmhaFKsNCrdskPE0-HgR0s7W906BbtnJiz16kKMgdKTKXDX7TJyMIjQ

Receba nossas notícias em seu e-mail