Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

LUTO: Walewska Oliveira, ex-Osasco, morre aos 43 anos

Logo Giro
Walewska ganhou o ouro olímpico em Pequim-2008 (Kriz Knack / Reprodução Instagram @walewska.oliveira)

A campeã olímpica de vôlei, aposentada das quadras, concedeu sua última entrevista ao jornalista Alê Oliveira na quarta (20) em Alphaville

O mundo do vôlei está de luto com a morte de Walewska Oliveira, ex-jogadora da Seleção Brasileira e do Osasco Voleibol Clube. A ex-campeã olímpica de vôlei faleceu na noite dessa quinta-feira (21), aos 43 anos, em São Paulo. A causa da morte ainda não foi divulgada até a madrugada desta sexta.

Na tarde de quarta-feira (20), a ex-atleta esteve em Barueri, no bairro Alphaville, para conceder uma entrevista ao jornalista Alexandre Oliveira. Pouco antes das 21h dessa quinta-feira (21), em seu Instagram, Oliveira convidou seus seguidores para prestigiarem a entrevista.

LUTO: Walewska Oliveira, ex-Osasco, morre aos 43 anos
Consternado, Alê Oliveira publicou uma foto ao lado da ex-jogadora (Reprodução / Instagram)

“Cerca de quarenta minutos depois que publicamos a entrevista, meu telefone começou a pipocar de pessoas perguntando se eu sabia o que tinha acontecido. Eu não sabia e comecei a correr atrás da notícia e foi confirmada oficialmente. Gravamos o podcast ontem, às três da tarde em Alphaville, Barueri. Ela estava extremamente feliz e contente. Falou da carreira, dos planos, de muita coisa bacana da vida dela. Estou completamente em choque. Era uma mulher incrível e totalmente fora da curva”, desabafou Alexandre.

YouTube video

Walewska, uma vida dedicada ao esporte

Nascida em 1º de outubro de 1979, em Belo Horizonte, MG, Walewska foi uma das principais jogadoras do vôlei brasileiro nas últimas décadas e conquistou a medalha de ouro nas Olimpíadas de Pequim-2008 e a medalha de bronze em Sydney-2000.

Um dos maiores nomes do vôlei brasileiro durante ensaio fotográfico
(Kriz Knack / Reprodução Instagram @walewska.oliveira)

Wal encerrou sua trajetória no Praia Clube ao final da temporada 2021/2022, tendo atuado por diversos clubes, incluindo Minas e Osasco, onde atuou entre 2018 e 2019, além de experiências internacionais no Perugia, na Itália, no Murcia, na Espanha, e no Zarechie Odintsovo.

No ano passado, lançou o documentário O Último Ato, com os momentos mais marcantes dos 30 anos de sua carreira. Em fevereiro deste ano, e parceria com o escritor Teco Condado, lançou a biografia Outras Redes (editora YesBooks),

No ano passado, Wal lançou o documentário ‘O Último Ato‘, que retrata os momentos mais marcantes dos 30 anos de sua carreira. Em fevereiro deste ano, em parceria com o escritor Teco Condado, publicou a biografia ‘Outras Redes’ (editora YesBooks), a qual possui o prefácio escrito pelo técnico de vôlei Bernardinho, considerado um dos melhores treinadores do mundo.

LUTO: Walewska Oliveira, ex-Osasco, morre aos 43 anos

Walewska era casada com Ricardo Mendes e não tinha filhos. Até o fechamento do texto, a reportagem do GIRO não obteve informações a respeito do velório e sepultamento da ex-atleta.

CBV emite nota de pesar

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) divulgou uma nota de pesar pela morte de Walewska Oliveira. Acompanhe na íntegra:

“Com tristeza e imenso pesar, a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) recebeu a notícia do falecimento da campeã olímpica Walewska na noite desta quinta-feira.  

Central de excepcional talento, Walewska defendeu por muitos anos a seleção brasileira feminina. Além da medalha de ouro nos Jogos de Pequim 2008, foi bronze em Sydney 2000, conquistou três títulos do Grand Prix, os Jogos Pan-Americanos de 1999 e a Copa das Campeões de 2013.

“Walewska era uma jogadora especial, sua trajetória no esporte será para sempre lembrada e reverenciada. Neste momento tão difícil, a CBV se solidariza com a família e os amigos desta grande jogadora”, diz o presidente da CBV, Radamés Lattari.”

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 15 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Metropolitana da Grande São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes.    

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

*Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

Receba nossas notícias em seu e-mail