Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Atleta de vôlei Ana Paula Borgo, ex-Barueri, é a primeira beneficiada por auxílio da CBV

Logo Giro
Ana Paula Borgo iniciou a sua carreira no São Caetano na temporada 2011/2012 (Divulgação/Reprodução-Redes Sociais)

Atleta foi a principal contratação para a temporada 2022/2023, mas teve que se afastar das quadras para tratar um tumor no estômago. Em tratamento, Ana deve receber auxílio de até R$ 12 mil

Ana Paula Borgo, atleta de vôlei de quadra, será a primeira contemplada pelo Fundo Especial de Apoio aos Atletas, novo programa de auxílio emergencial da CBV, a Confederação Brasileira de Voleibol. Em agosto do ano passado, quando fazia pré-temporada pelo Barueri Vôlei, exames detectaram um tumor no estômago. Ana se afastou do esporte e agora em processo de tratamento, será auxiliada pela CBV. De acordo com reportagem do jornal “O Globo”, o valor do auxílio pode chegar a R$ 12 mil.

O programa da CBV foi criado em fevereiro deste ano, com o objetivo de auxiliar atletas tanto da quadra, quanto na praia. Os jogadores que entram no programa não possuem vínculo contratual com qualquer instituição desportiva e são auxiliados em casos de lesões, calote de clubes, doenças e gravidez.

O diagnóstico de Ana Paula foi considerado de “apoio a doença grave”, com auxílio dado para atletas que possuem doença de evolução prolongada ou permanente. O caso foi avaliado por uma comissão formada por representantes da CBV, da Comissão de Saúde da Confederação e das Comissões Nacionais de Atletas de Quadra e de Praia.

O auxílio aos atletas será formado por um fundo de 20% do valor recebido por transferências internacionais. O total, na atual temporada, é de cerca de R$ 500 mil, distribuído em quatro janelas de abertura para benefício.

Atleta seria o principal reforço do Barueri
Ana Paula Borgo foi contratada como o principal reforço do Barueri para a temporada 2022/2023. Em novembro, ela revelou nas redes sociais que foi descartada pelo clube. Ana alegou que o contrato foi rescindido 15 dias após o diagnóstico e afirmou que não recebia nenhum apoio do clube. O Barueri se defendeu afirmando que o tratamento no qual a atleta se submetia estava sendo subsidiado integralmente pelo parceiro de saúde do time.

Ana Paula Borgo iniciou a sua carreira no São Caetano na temporada 2011/2012. Depois também defendeu times como o Pinheiros, Osasco, Dentil Praia Clube e Fluminense. Na temporada 2020/2021 ela teve a primeira experiência fora do país atuando no Çan Gençlik Kale Spor Akademi Kulübü, da Turquia. Depois vestiu a camisa do Nilüfer Belediyespor, outra equipe turca, e do Volley Bergamo 1991, da Itália.

*Com informações do Portal “Lancenet“.

Receba nossas notícias em seu e-mail