Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

São Roque: prefeitura garante que manifestações já afetam o fornecimento de combustível

Logo Giro
Bloqueio nas rodovias afetam o abastecimento em São Roque (Divulgação/Redes Sociais)

Em comunicado publicado nesta terça-feira (1º) nas redes sociais, a administração municipal informa que está monitorando a situação e pede paciência aos moradores do município

Os bloqueios realizados por manifestantes nas principais rodovias do estado de São Paulo já começou a impactar no fornecimento de produtos para diversas cidades, entre elas, algumas das 12 que compõem um consórcio de municípios da região Oeste da Grande São Paulo. A primeira a se manifestar publicamente sobre o assunto foi a Prefeitura de São Roque. Por meio das redes sociais, nesta terça-feira (1º), a prefeitura informou à população que o fornecimento de combustível já está comprometido.

Segundo o alerta feito pela gestão municipal, os bloqueios têm afetado o trânsito de profissionais e pode trazer transtorno aos serviços públicos prestados na cidade. “Isto afeta o trânsito de profissionais públicos até seus postos de trabalho e, dependendo da continuidade da crise, pode afetar uma série de serviços públicos prestados pela Prefeitura e suas empresas contratadas”, diz o texto.

A prefeitura informou ainda que segue fazendo o monitoramento das manifestações e pediu que todos os moradores tenham paciência diante da crise. “A Prefeitura está monitorando a situação, tomando todas as medidas necessárias e pede a compreensão e a paciência de todos”, diz a nota publicada nas redes sociais.

Na região, manifestantes bloqueiam trechos da rodovia Castello Branco, nos dois sentidos (interior e capital). Também existem manifestações nas rodovias Raposo Tavares e Anhanguera.

Multa de R$ 100 mil e uso da força pela PM
Em coletiva, na manhã desta terça-feira (1º), o governador do estado de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB) determinou que forças de segurança de São Paulo atuem para o imediato desbloqueio de rodovias em todo estado. Segundo o gestor estadual, as ações comandadas pela Polícia Militar vão priorizar o diálogo, mas em casos de resistência, poderá haver uso de força. O governo do estado também autorizou a aplicação de multa de R$ 100 mil por hora para quem descumprir a ordem de desbloqueios das vias determinada pelo Supremo Tribunal Federal.

São Roque: prefeitura garante que manifestações já afetam o fornecimento de combustível

Receba nossas notícias em seu e-mail