Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Santana de Parnaíba: Polícia recupera tubos roubados de obra da Sabesp

Logo Giro
Santana de Parnaíba Polícia recupera tubos roubados de obra da sabesp
Polícia Civil de Santana de Parnaíba encontrou os objetos em Campinas (Divulgação/Polícia Civil de SP

Segundo a Polícia de Santana de Parnaíba, cinco pessoas já foram identificadas e responderão pelos crimes de furto e associação criminosa; veja mais

Agentes da Polícia Civil recuperaram 32 tubos furtados de uma obra em Santana de Parnaíba, pertencentes a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). As informações foram divulgadas na tarde de terça-feira (20).

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), a carga foi furtada no dia 30 de dezembro de 2023 e está avaliada em aproximadamente R$ 500 mil.  Os trabalhos policiais foram realizados por integrantes do Departamento de Polícia Judiciária da Macro São Paulo (Demacro), por meio da Delegacia de Polícia de Santana de Parnaíba.

Roubo em Santana de Parnaíba: carga encontrada em Campinas

Santana de Parnaíba: Polícia recupera tubos roubados de obra da Sabesp
Na ação, policiais civis cumpriram mandado de busca e apreensão. (Divulgação/SSP-SP)

Por meio de investigações, os oficiais identificaram e localizaram um galpão, na cidade de Campinas, no interior paulista, onde os tubos foram adulterados, guardados e seriam posteriormente comercializados.

Cinco pessoas já foram identificadas e há indícios do envolvimento de um funcionário da própria Sabesp no crime. Durante as diligências, ainda segundo a SSP-SP, os policiais cumpriram mandado de busca e apreensão. 

Siga o Canal de Notícias do Giro no Whatsapp

Todo material apreendido foi encaminhado para a perícia científica junto ao Instituto de Criminalística. As investigações prosseguem para identificar e localizar demais envolvidos, que responderão pelos crimes de furto e associação criminosa.

Sobre o Demacro

Fundado em 1991, o Departamento de Polícia Judiciária da Macro São Paulo (Demacro) atua nos 38 municípios que compõem a Região Metropolitana de São Paulo (RMSP). A instituição trabalha com atividades de polícia judiciária, administrativa e preventiva especializada, bem como com as atribuições das unidades policiais de base territorial. Os municípios que fazem parte do Demacro ocupam uma área total de 6.425,846 km².

Siga o Canal de Notícias do Giro no Whatsapp

O Demacro é composto por 30 Delegacias de Polícia do Município, 66 Delegacias dos Distritos Policiais, 13 Delegacias de Defesa da Mulher e 27 delegacias especializadas. Entre estas, incluem-se Delegacias de Polícia de Investigações sobre Entorpecentes, Delegacias de Polícia de Proteção ao Idoso e Delegacias de Polícia de Investigações sobre Infrações Contra o Meio Ambiente.

Barueri: gerente é preso por vender alimentos vencidos em mercado
Demacro atua nos 38 municípios da RMSP (Divulgação/Governo do Estado de SP)

Leia Mais: Santana de Parnaíba: dois são presos com 500 quilos de cabos furtados

De acordo com a Polícia Civil, o órgão também é composto por grupos e setores especializados, tais como o Grupo de Apoio à Repressão de Roubos e Assaltos (Garra), Grupo de Responsabilidade Tática (GRT), Grupo Especial de Motos, Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) e Centro de Inteligência Policial (CIP). Esses grupos integram a estrutura de diversas Delegacias Seccionais de Polícia.

Acompanhe o GiroCast

YouTube video

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Metropolitana da Grande São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes. 

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

Receba nossas notícias em seu e-mail