"Temos saudade da Eletropaulo", diz vereador Carmônio, ao votar moção contra Enel em Osasco

Parlamentar pontuou problemas no atendimento prestado à população. Além disso, vereadores reclamaram da demora no serviço de manutenção e poda de árvore 
Parlamentares aprovaram Moção contra a Enel por unanimidade (Ricardo Migliorini/CMO)

Os vereadores de Osasco aprovaram no começo da tarde desta terça-feira (10), a Moção de Repúdio a Enel, concessionária fornecedora de energia elétrica na cidade. O documento foi proposto pelo vereador Carmônio Bastos (Podemos), que pontuou uma série de deficiências no serviço prestado pela companhia, aprovado por unanimidade.

Na tribuna, o parlamentar revelou uma série de problemas na qualidade do atendimento prestado pela empresa. "Quando passamos em frente à agência em Osasco vemos a quantidade de pessoas que ficam aguardando para resolver problemas, que muitas vezes, são gerados pela própria empresa. É lamentável ver o desrespeito com a população, acredito que eles precisam ter uma aula com a Sabesp de como atender os munícipes e todos sabem que temos muitos problemas com a Sabesp em relação aos buracos deixados na cidade", disse.

O parlamentar também destacou a demora da companhia para atender as solicitações para a poda de árvores que atingem a rede elétrica. "Há pedidos que demoram dois anos. Então, se o caso é muito grave, como que fica o munícipe? Além disso, quando o morador liga no atendimento fica esperando por mais de 40 minutos para ter uma resposta. Então, lamentamos demais essa situação. Temos até saudade da Eletropaulo. Não tenho nada contra as privatizações, mas é preciso ver bem quais empresas assumem o serviço para não afetar o povo", disparou.

O que diz o presidente da Câmara de Osasco
O presidente da Câmara de Osasco, vereador Ribamar Silva (PSD), também falou sobre o caso e ressaltou que a Enel cobra para que outras empresas possam passar cabos nos postes. "Eles cobram para que as outras empresas possam utilizar os postes para passar os cabos, mas não paga nada para o município para usar o espaço público", disse. "Alguns bairros da Zona Norte ainda possuem postes inadequados, ou seja, de madeira. Isso é uma vergonha", completou.

Outro parlamentar que também criticou o serviço prestado pela companhia de energia elétrica foi Julião (PSB), que lembrou que os munícipes não são atendidos por uma pessoa e sim por um sistema eletrônico. "A pessoa liga e fica horas esperando para ser atendido por uma máquina e não por um profissional que, de fato, possa solucionar a questão", garantiu.

Já o vereador Josias da Juco (PSD) revelou aos demais vereadores que participou de uma reunião com a Enel e integrantes da Prefeitura de Osasco e disse que, em breve, um convênio deve ser firmado com a concessionária para tentar melhorar a qualidade do serviço prestado na cidade. "Em breve o convênio será votado na Câmara e nós poderemos pontuar todos esses problemas. O que precisa ficar esclarecido é que essa Câmara vai cobrar ações efetivas para solucionar as questões de atendimentos aos munícipes", finalizou. 

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 03 Julho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://girosa.com.br/