Região tem mais de 35 mil títulos cancelados

Eleitor deve pagar multa e procurar cartório - Foto: TSE/Divulgação

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cancelou, no início desta semana, 35 mil títulos de eleitores na região por ausência aos três últimos pleitos. Cada turno é contabilizado como uma eleição, bem como pleitos suplementares realizados.

Mesmo baixo em comparação à quantidade de eleitores nas sete cidades da região que é de 1.593.907, a anulação do documento pode causar sérios problemas como ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e contrair empréstimos em estabelecimento de crédito mantido pelo governo.

Quem teve o título cancelado deverá pagar uma multa e, em seguida, poderá fazer a regularização no cartório eleitoral, levando documento de identificação oficial original com foto, comprovante de residência e o título, se ainda o possuir.

Veja também: