Destaque 

Região tem guerra de impugnações

Região tem guerra de impugnações
Quinzinho } Ex-prefeito teve candidatura questionada por Franco
Enquanto os candidatos começam a pedir votos na rua, uma batalha judicial já teve início nos bastidores em boa parte da região oeste. Ao menos em Cotia, Osasco e Santana de Parnaíba candidatos a prefeito pediram a anulação do registro de rivais, questionando a legitimidade das postulações, fora as ações propostas pelo Ministério Público (MP). O levantamento foi feito pela reportagem junto aos Cartórios Eleitorais.
Caberá aos juízes eleitorais avaliarem se aceitam ou não as denúncias dos concorrentes e se os casos realmente desrespeitam a Lei da Ficha Limpa e as normas das eleições. Das decisões ainda caberão recursos que podem se estender para depois da votação.
Em Cotia, o ex-prefeito Quinzinho Pedroso (PSB) sofreu pedidos de impugnação da coligação do principal rival Rogério Franco (PSD), do próprio Franco, do PT, do ex-vereador Toninho Kalunga (PT) e do MP. Os políticos alegam que ele está inelegível em função de contas não aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado e outras ações judiciais.
Por sua vez, Quinzinho também pediu a impugnação de Franco, com o argumento de que o parlamentar não assinou a declaração de bens no registro de sua postulação.

Veja também: