Projeto propõe fim de conferência de produtos em supermercados de Barueri

1064929-edit_04214

Por fim a transtornos e constrangimentos. Esse é o objetivo do Projeto de Lei 58/2019 de autoria do vereador Roberto Mendonça (SD) que veda a realização de nova conferência de produtos após o cliente ter efetuado o pagamento nas caixas registradoras, nos hipermercados e supermercados de Barueri.

O projeto de lei que deve ser colocado em votação nas próximas sessões, o descumprimento prevê a aplicação de uma multa de 200 200 UFIB`s (Unidade Fiscal de Barueri), que representa hoje o valor de R$ 7.192,00.

Baixe a lei municipal que trata da Unidade Fiscal de Barueri

O parlamentar explica que a medida visa impedir transtorno aos clientes. "Alguns munícipes relataram que ficam constrangidos com a medida de conferência da nota fiscal", justifica.

Geralmente a checagem das notas fiscais, após o cliente efetuar o pagamento, são adotadas em redes de supermercados atacadistas.