Primeira sessão da Câmara de Parnaíba é marcada por moções

Vereadores durante sessão - Foto: Giro S/A
Na terça-feira, 5, foram iniciados os trabalhos de 2019 na Câmara Municipal de Santana de Parnaíba.
O novo presidente da Casa de Leis, Nilson Cadeirante (PHS), começou com a leitura de uma mensagem enviada pelo vereador Marcos Tonho (PSDB), que não pode comparecer e desejou boa sorte ao novo presidente.

Foram votadas quatro moções de aplausos. A primeira foi feita a quatro agentes da Guarda Municipal pelo ato de bravura por salvarem a vida de um homem na enchente na Estrada Jaguari.
A segunda foi voltada ao aniversário da Paróquia Bom Pastor, de Alphaville, pelos seus 25 anos. Outra refere-se à moção de aplausos aos Bombeiros que participaram da ocorrência da retirada de um cadáver nas margens do Rio Tietê. A última foi para a missionária Sara Cristina Gonçalves, pela solidariedade com as famílias vítimas das chuvas do primeiro dia do ano.

Nessa primeira sessão foram apresentadas, entre outras proposituras, 617 indicações e 54 requerimentos, encaminhados ao Poder Executivo. Entre os requerimentos, dois do Pastor Ebenezé (PSC), sendo que um deles é referente à qualidade do asfalto utilizado nas vias do município, que, segundo, o vereador, é de baixa qualidade, podendo em alguns lugares ser pego pedaços na mão. Outro dispõe sobre a demora na entrega de exames laboratoriais. Os dois requerimentos não foram aceitos pelos pares.

Veja também: