Destaque 

Prefeitos preveem sequência de crise, mas adiantam iniciativas

Prefeitos preveem sequência de crise, mas adiantam iniciativas
Furlan e Franco } Prefeitos governarão Barueri e Cotia

Daqui a 15 dias, tomarão posse os prefeitos eleitos da região oeste para um ano de mandato em que todos preveem dificuldades e cortes nos gastos. Vencedores da disputa neste ano, porém, os políticos mantém o tom otimista quanto a iniciativas e afirmam que obras terão início além da recuperação de serviços.

Quem mais detalhou as ideias para o começo do mandato é o barueriense Rubens Furlan (PSDB), que dará início a seu quinto mandato. "Todas as obras paradas vamos reiniciar, entre dia 2 e 10 de janeiro devo dar ordem de início", afirmou Furlan, citando o viaduto na Alameda Tucunaré sentido Castello Branco e o início da obra do Fórum, que deve ser concluído em três anos.

Os recursos viriam de uma redução nos gastos com custeio e por haver um excesso de funcionários. O tucano quer fazer do antigo prédio da PUC um Centro de Diagnóstico ainda no primeiro ano, e pretende recuperar a capacidade do hospital municipal e fazer 50 cirurgias por dia, para zerar a demanda que contabiliza 1.500 pessoas na fila de espera.


Outros prefeitos

Eleito em Cotia, Rogério Franco (PSD) cita como uma das metas iniciais a unidade de Pronto Atendimento em Caucaia do Alto e atuar na reestruturação dos bairros. Também fará cortes nos gastos, mas inicialmente não pretende reduzir secretarias, mas revisar os contratos. "Vai ser um ano difícil, é cortar gastos e enxugar a máquina pública para que tenha um potencial de investimento", afirmou. Em Itapevi, Igor Soares (PTN) deve iniciar com ações de combate as enchentes, reestruturação do viário na rotatória da Cohab e decreto que visa rever todos os contratos e reduzir gastos da prefeitura, inclusive de aluguéis. Na cidade de Santana de Parnaíba, Elvis Cezar (PSDB) reduzirá de três a quatro secretarias, mas é otimista quanto as obras em andamento na cidade. "Acredito que vamos ter um ano melhor que 2016. Temos várias obras para entregar", disse o tucano. Ele citou a duplicação da Estrada Tenente Marques e a construção do Pronto-Socorro Infantil.