Destaque 

Médicos cubanos deixam a região

Foto: Giro S/A

A decisão do governo de Cuba de deixar o Programa Mais Médicos atinge a população da região, que deixou de contar com 123 profissionais nas UBS. Itapevi tinha 29 médicos, 21 cubanos. Já Cotia possuía 11, sendo 3 cubanos. 

Osasco perdeu 33 médicos e Carapicuíba, 30. As duas cidades não divulgaram o total de médicos do programa. Barueri não tem médicos estrangeiros, mas apenas 8 do Mais Médicos.

Osasco fará novas contratações.

Cotia garante que o atendimento não será afetado. Itapevi fará plantões. Carapicuíba convocará médicos de um concurso.

Na terça-feira, 20, o Ministério da Saúde, lançou um edital ofertando 127 vagas que antes eram ocupadas por médicos da cooperação com Cuba.

Veja também: