Destaque 

Doria toma posse falando mal de gestões tucanas

O governador eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), tomou posse na manhã desta terça-feira, 1°, na Assembleia Legislativa fazendo críticas aos 23 anos de gestões tucanas entre elas o do seu padrinho político e ex-governador, Geraldo Alckmin.

"Nosso governo não virará as costas para o Brasil. E o meu partido, o PSDB, também não vai virar as costas para o Brasil. Os partidos, como os governos, precisam de novas posições, novos compromissos, novos projetos", dispara Doria. 

Na sequência o governador participou da transmissão de cargo no Palácio dos Bandeirantes. O chefe do Executivo paulista substitui Márcio França, que governou São Paulo desde abril de 2018, quando assumiu após a saída do então governador Geraldo Alckmin. Na ALESP, Doria reforçou o compromisso de cumprimento da Constituição e fez seu primeiro discurso como governador.




Veja também: