Destaque 

Auditoria encontra remédios vencidos em UBS e Pronto Socorro da região

Foto: Divulgação/PMI

Uma auditoria do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE) nessa semana encontrou medicamentos vencidos em Unidades Básicas de Saúde e até em um Pronto Socorro da região Oeste.

O objetivo foi verificar as condições de armazenamento, controle, manuseio e distribuição de medicamentos armazenados.

Segundo o Tribunal de Contas do Estado, remédios fora do prazo de validade, ausência de farmacêutico técnico, extintores de incêndio vencidos, condições de higiene inadequadas, prédios sem Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros e locais sem alvará da Vigilância Sanitária foram algumas das irregularidades constatadas.

IRREGULARIDADES

Em Itapevi, as anormalidades foram encontradas no Pronto Socorro Central.

Em Osasco havia problemas nas UBS da Vila dos Remédios, Presidente Altino e Vila Yara. Carapicuíba nas UBS Central, Cohab II e V. Em Barueri, UBS Maria de Lourdes Hernandez Matos (Vila Pindorama) e Vince Nemeth (Silveira). Em Santana de Parnaíba, irregularidades foram vistas na Unidade de Saúde Avançada Fazendinha e Parque Santana. Em Jandira, no Ambulatório Médico de Especialidades e UBS Vila Eunice. Em Cotia, nas UBS Atalaia e Rio Cotia.Na operação surpresa do Tribunal de Contasforam utilizados 187 agentes da fiscalização.

Com esses dados coletados, a intenção do órgão vai permitir ao administrador que tome conhecimento e possa reparar possíveis falhas na gestão.

Por meio de notas as Prefeituras de Osasco, Cotia e Itapevi negaram distribuir ou utilizar remédios vencidos.

Jandira, Barueri e Santana de Parnaíba não responderam aos questionamentos da reportagem até o fechamento desta edição.

Veja também: