Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Cotia: Polícia Civil flagra galpão usado para armazenar contrabando de cigarros

Logo Giro
Contrabando de Cigarros
Cada caixa continha 10 mil unidades, totalizando cinco milhões de cigarros contrabandeados apreendidos (Divulgação/Policia)

Dois indivíduos foram presos em flagrante pela Polícia Civil; As 500 caixas de cigarros contrabandeadas foram apreendidas

A Polícia Civil prendeu, em um galpão localizado no Parque Alexandre, em Cotia, dois indivíduos com uma enorme carga contrabandeada do Paraguai. A prisão aconteceu na madrugada desta sexta-feira, 3.

O esquema de distribuição do contrabando foi descoberto após o trabalho de investigação dos policiais da SIG/DISE da Delegacia Seccional de Carapicuíba. O local era usado para guardar, contabilizar e negociar a venda do produto.

Contrabando de cigarros em Cotia
Carga com contrabando de cigarros estava em um galpão em Cotia (Divulgação/Polícia)

Dois homens, de 27 e 28 anos, que gerenciavam a distribuição foram presos em flagrante. O motorista de um furgão que entrava no galpão foi abordado e informou que seria o responsável pela distribuição do produto contrabandeado em diversos pontos de venda nos municípios de Cotia, Carapicuíba, Barueri, etc. Dentro do imóvel, um segundo indivíduo foi preso.

No local foram apreendidas 500 caixas, de três marcas de cigarros paraguaios. Cada caixa continha 10 mil unidades, totalizando cinco milhões de cigarros contrabandeados apreendidos. Duas vans utilizadas para o transporte também foram apreendidas.

Cotia: Polícia Civil flagra galpão usado para armazenar contrabando de cigarros
Contrabando de Cigarros

O produto foi encaminhado à Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (SIG/DISE) de Carapicuíba. 

O delegado do SIG/DISE, Dr. Estevão Castro disse à reportagem do Giro que o galpão localizado em Cotia era usado para fazer a estocagem e posteriormente a distribuição para os pontos de venda. “Os cigarros entraram no território nacional de forma ilegal e também são vendidos de forma ilegal no comércio popular de Cotia, Carapicuíba, Barueri, Santana de Parnaíba, essa região que engloba a Delegacia Seccional de Carapicuíba”, destacou o delegado.

Os acusados foram presos em flagrante e o caso foi registrado como Contrabando (art.334-A), que é um crime de competência da Justiça Federal. O flagrante foi encaminhado à Justiça Federal de Osasco, que é o Fórum que abrange a região de Cotia.

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Oeste Metropolitana de São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes.    

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

*Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

YouTube video

Receba nossas notícias em seu e-mail