OUÇA | Fundo Eleitoral: saiba como será feita a distribuição dos R$ 4,9 bilhões entres as legendas

União Brasil poderá ficar com a maior fatia do recurso. O valor deve passar dos 700 milhões. Em 2º lugar aparece o PT, com pouco mais de R$ 480 milhões
Congresso Nacional em Brasília, DF (Divulgação/Gervásio Baptista/Agência Brasil)

Um total de R$ 4,9 bilhões. Esse é o valor que será destinado para o financiamento público de campanhas nas eleições de 2022, pelas 32 legendas que existem no País. Os recursos do Fundo Eleitoral Partidário começam a ser depositados nas contas dos partidos em junho. A medida criada em 2017, tem por finalidade suprir a ausência de doações de empresas, proibida pela Justiça e, consequentemente, impedir o abuso de poder econômico no processo eleitoral, tanto nas eleições gerais como nas municipais.

Você sabe como é feita a distribuição desse valor? A divisão dos recursos é viabilizada entre as siglas com base no total de votos recebidos nas eleições gerais mais recentes, ou seja, 2018. Além disso, também é levado em conta o número de parlamentares que compõem a bancada na Câmara e Senado. Diante disso, os valores definitivos ainda não foram divulgados, já que terminou em 31 de março, o período considerado como janela partidária. 

*Aperte o play a seguir e ouça a notícia na plataforma de sua preferência.

Veja mais notícias sobre Podcast.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 22 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://girosa.com.br/