Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Eleições: Pablo Marçal garante que não será vice de ninguém

Logo Giro
Pablo Marçal garante que será candidato a prefeito de SP (Francisco Cepeda/Giro S/A)

Empresário de Alphaville, Pablo Marçal reafirmou a pré-candidatura à Prefeitura de São Paulo; ele fez denuncia sobre ameaças de morte

O empresário de Alphaville, Pablo Marçal (PRTB) reafirmou por meio de nota, na manhã desta sexta-feira (13), que será pré-candidato a prefeito da capital paulista e que não aceitará convite de ninguém para ser vice nas eleições de outubro deste ano. No texto, o influenciador digital explica que sempre favorável ao diálogo, mas que percebeu uma preocupação como crescimento do seu nome na disputa pela Prefeitura de São Paulo.

“Sempre fui a favor do diálogo e estou conversando com todos para entender sobre acertos e erros que cometeram e principalmente sobre os problemas da cidade. Mas o que vi foi uma preocupação gigantesca com o crescimento da nossa pré-candidatura”, inicia o texto da nota.

O empresário diz que o ex-governador de São Paulo, João Doria tentou dissuadi-lo sobre uma candidatura em São Paulo e que trabalhou para que ele [Marçal] aceitasse o convite para ser vice na chapa encabeçada pelo atual prefeito da capital, Ricardo Nunes (MDB).

“O Doria trabalhou incansavelmente na tentativa de me dissuadir da ideia de sair como candidato e de me tirar do páreo, me rebaixando a vice de Nunes. Pois eu reafirmo que não serei vice de ninguém e fica a minha pergunta: Como o Bolsonaro vai apoiar um cara que tem o Doria como articulador?”, questiona o empresário.

Candidaturas de Pablo Marçal

Esta não é a primeira vez que Pablo Marçal lança candidatura. Em 2022, ele foi pré-candidato a à Presidência, mas obstáculos jurídicos que impediram seu avanço. Após ter “barrada” à candidatura para presidente, Marçal foi candidato a deputado federal e obteve mais de 243 mil votos nas urnas, mas, questões jurídicas impediram a posse e os votos foram invalidados.

Pablo Marçal recebe ameaças de morte

Na segunda-feira (10), Pablo Marçal registrou um boletim de ocorrência na sede do 96° Distrito Policial, na capital, após receber ameaças de morte. O empresário garante que as ameaças foram realizadas por telefone nos dias 23 e 31 de maio. Uma das ligações foi gravada. Marçal explicou que há menção de sequestro e assassinato contra ele e sua família.

Aos jornalistas, Pablo Marçal, contou que o agressor disse fazer parte de um grupo e que, caso ele não desistisse da candidatura, poderia ser morto. “Ele disse que eu deveria desistir de ser candidato. Disseram que iriam executar quando eu voltasse de uma viagem. Cancelei um voo e decidimos fazer a denúncia”, explicou o empresário e pré-candidato.

Gravação da ameaça

Ainda durante a entrevista na saída da Delegacia, Pablo revelou que após as ameaças do dia 23 de maio ligou para o número para gravar a conversa e registrar as ameaças. Em 31 de maio, novas mensagens teriam sido recebidas pela equipe do empresário. Os áudios e mensagens foram entregues às autoridades policiais.


Jornalismo regional de qualidade

Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Metropolitana da Grande São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes.    

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

*Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

Receba nossas notícias em seu e-mail