Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Varíola dos Macacos: com 52 pessoas infectadas, Osasco lidera em número de casos na região

Logo Giro
No estado de São Paulo, são 2.274 casos confirmados da doença (Divulgação/Freepik)

Entre as 12 cidades que integram o consórcio de municípios Cioeste, segundo apuração feita pela reportagem do GIRO, Barueri possui 25 casos confirmados, seguida por Carapicuíba (21), Itapevi (18), Cotia (16), Jandira (6), Cajamar (4), Santana de Parnaíba (4) e São Roque (2)

Os casos da nova varíola dos macacos (monkeypox) nos doze municípios da região Oeste da Grande São Paulo*, que compõem um consórcio de cidades, quase que dobrou do começo ao fim do mês de agosto. Os últimos números foram divulgados na terça-feira (30) e indicam que, agora, a somatória chega a 148. No dia 9 de agosto eram 78.

No estado de São Paulo, são 2.274 casos confirmados da doença, cujo principal sintoma é o aparecimento de lesões parecidas com espinhas ou bolhas, que podem surgir no rosto, dentro da boca ou em outras partes do corpo, como mãos, pés, peito e nas partes íntimas.

Entre as 12 cidades que integram o consórcio de municípios Cioeste, na Região Oeste da Grande SP, Osasco, atualmente, é a que tem mais casos confirmados (52), seguida de Barueri (25), Carapicuíba (21), Itapevi (18), Cotia (16), Jandira (6), Cajamar (4), Santana de Parnaíba (4) e São Roque (2). Em Araçariguama, Pirapora do Bom Jesus e Vargem Grande Paulista não há registro de nenhum caso.

Importante
Nomeada pelos cientistas como varíola dos macacos (monkeypox), esta nova varíola começou a ser associada aos animais, com muitos episódios de maus-tratos recorrentes registrados. Por esta razão, é importante voltar a ressaltar que o atual surto não tem a participação de macacos na transmissão para seres humanos. O vírus da monkeypox, que faz parte da mesma família da varíola, é transmitido entre pessoas e o atual surto tem prevalência de transmissão de contato íntimo e sexual.

Vacina
No mês de agosto, a Anvisa liberou a aplicação da vacina para combater a nova varíola em adultos com 18 anos ou mais, entretanto, o ministério da Saúde afirmou que os primeiros lotes (de um total de 50 mil doses compradas), que começarão a chegar em setembro, serão destinados primeiramente aos profissionais de saúde que manipulam amostras e às pessoas que tiveram contato direto com doentes. O imunizante que será usado vem do laboratório Bavarian Nordic A/S, da Dinamarca.

*Cidades da região metropolitana Oeste, que compõem o Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista

Varíola dos Macacos: com 52 pessoas infectadas, Osasco lidera em número de casos na região
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil/Divulgação

Receba nossas notícias em seu e-mail