Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Osasco oferece atual prédio da Unifesp para o Instituto Federal

Logo Giro
Atual prédio da Unifesp Osasco deve abrigar o Instituto Federal anunciado por Lula para a cidade (Divulgação/Unifesp)

Prefeito de Osasco, Rogério Lins, anunciou que, com a mudança da Unifesp para a sede própria, o prédio da antiga Fito estará disponível para o Instituto Federal

O prefeito de Osasco, Rogério Lins (Podemos), utilizou as redes sociais para comunicar que o antigo prédio da Fac-Fito, na Zona Sul da cidade, onde hoje funciona a sede da Unifesp (Universidade Federal), será disponibilizado para abrigar o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs).

No dia 12 de março, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), anunciou durante um evento em Brasília, que as cidades de Carapicuíba, Cotia e Osasco foram contempladas com unidades do instituto.

Segundo o gestor municipal, a Unifesp deve mudar, no segundo semestre deste ano para a sede própria, construída em um terreno no bairro de Quitaúna. A obra recebe os últimos ajustes para receber os estudantes.

“A Unifesp está saindo deste espaço para ocupar o prédio definitivo em construção, ainda no segundo semestre. E para esta estrutura, nós conquistamos um Instituto Federal e assim, nós traremos cursos técnicos profissionalizantes para a nossa juventude. Afinal, muitas empresas de tecnologia vieram para Osasco e buscam mão de obra qualificada para ocupar as vagas”, disse o gestor municipal.

Instituto Federal em Osasco

No começo do mês de fevereiro, o deputado estadual, Emidio de Souza (PT), encaminhou um ofício ao Ministério da Educação pedindo para que Osasco fosse incluída na lista de cidades contempladas.

“É uma conquista muito importante que nós estamos batalhando há muito tempo. Foi preciso muito diálogo, mostrar a necessidade de Osasco e o presidente Lula mais uma vez demonstrou o seu carinho pelo nosso povo, pela nossa juventude. Pode comemorar. Valeu muito a pena e Osasco recebe mais essa grande conquista”, comemoro o parlamentar na época.

Investimentos nos Institutos Federais

Por meio do Novo PAC, serão investidos R$ 3,9 bilhões em obras. Desse total, R$ 2,5 bilhões são para criar novos campi e R$ 1,4 bilhão para consolidar unidades já existentes, com a construção de refeitórios, ginásios, bibliotecas, salas de aula e aquisição de equipamentos.

O objetivo da nova expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica é aumentar a oferta de vagas na educação profissional e tecnológica (EPT) e criar oportunidades para jovens e adultos, especialmente os mais vulneráveis.  A construção de novos campi nos municípios impacta o setor da construção civil, além de gerar emprego e renda. As novas escolas, quando estiverem em funcionamento, levarão desenvolvimento local e regional.

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Metropolitana da Grande São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes.    

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

*Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista

YouTube video

Receba nossas notícias em seu e-mail