Destaque 

Osasco Audax é campeão Paulista A3

Danrley um dos marcadores do Audax na partida - Foto: FPF

Jogando fora e precisando vencer, o Osasco Audax conquista o título do Campeonato Paulista A3 2019. A equpe venceu o Monte Azul por 2 a 0 na manhã deste domingo, 5, dentro do estádio Otacília Patrício Arroyo, o vovozona em Monte Azul Paulista, interior do Estado. 

Depois de conquistar o acesso, o clube osasquense demonstrou ambição e, repetindo o roteiro das fases anteriores, conquistou o resultado positivo longe de seus domínios.

O clube comandado por Robélio Cavalinho não atravessou bom momento no início da competição. Com um elenco jovem, ficou sem vencer nas seis rodadas iniciais, sofrendo derrotas para o Velo Clube e o Desportivo Brasil. Apontado como um dos candidatos ao rebaixamento, a equipe osasquense alterou seu rumo na competição. Conheceu a primeira vitória contra o Comercial por 3 a 2, fora de casa, na sétima rodada e seguiu o momento positivo contra Rio Preto e Batatais com vitórias por 1 a 0 no estádio José Liberatti.

Com a mudança de ambiente, a equipe saltou para a sétima posição. Para confirmar sua presença no G8, teve confronto direto contra o Monte Azul. No entanto, o Audax perdeu pela margem mínima na casa do adversário e foi ultrapassado na tabela de classificação.

A equipe ainda empataria com o Noroeste, em casa, antes de conseguir retornar ao G8 com vitória sobre o Olímpia por 5 a 2, sua maior goleada no torneio. Nas rodadas finais, venceu São Carlos (4 a 2, no Luizão) e não perdeu nos confrontos diretos com o EC São Bernardo e Primavera (empates por 1 a 1), terminando em oitavo lugar.

Mata-mata
O adversário destinado foi o Velo Clube, que não havia perdido e tinha a melhor defesa da competição. O empate sem gols na ida, em Osasco,
deixou o time com apenas um resultado possível: derrubar a invencibilidade do rival. No Benitão, o time viveu a primeira de suas epopéias. Com um homem a menos e com apenas 10 minutos por jgoar, Marcondele marcou para o time visitante. O meia faria mais um, quatro minutos depois, carimbando a classificação improvável com a vitória por 2 a 0.

A semifinal definia o acesso e o adversário era o Barretos. O time osasquense foi derrotado em casa, deixando a missão ainda mais difícil que nas quartas de final, já que era preciso vencer por dois gols de diferença no Fortaleza. Com gols de Samoel Pizzi e Darnley Marreta logo no início de partida, o time conseguiu o que precisava e segurou os 80 minutos restantes para comemorar o acesso.

Com a principal missão alcançada, o time teve como meta vencer o primeiro título da sua história em Osasco -ganhou a Segunda Divisão de 2008 como PAEC-, diante do Monte Azul. Mais uma vez o time não conseguiu o resultado positivo em casa. Após abrir dois gols de vnatagem cedeu o empate por 2 a 2. No jogo de volta, porém, o time osasquense mais uma vez superou as adversidades, venceu por 2 a 0, gols de Danrley Marreta e Marcondele e comemorou o título.

Veja também: