Destaque 

Barueri troca gestão do GRB por Organização Social no dia 1º de setembro

Barueri troca gestão do GRB por Organização Social no dia 1º de setembro
Professores e alunos em prática esportiva no GRB (Foto: Wanderson Rodrigues/GRB)

Julio Rezende
e Gustavo Vilela
do Giro S/A

A partir de 1 de setembro, a Organização Social Raízes deve iniciar o gerenciamento do Grêmio Recreativo Barueri (GRB). A mudança no controle da entidade acontece após determinação do Tribunal de Contas do Estado, que impede que a Prefeitura de Barueri repasse recursos públicos para a manutenção do GRB.

A Prefeitura informou ao Giro S/A que o motivo que provocou a suspensão dos repasses foram apontamentos do Tribunal de Contas no ano de 2006 sobre a forma que a então diretoria do GRB gastou os recursos repassados pela Prefeitura. Esses apontamentos ensejaram uma ação judicial.

O orçamento do corrente ano de 2017 foi previsto em 2016, em torno de R$ 8 milhões. No ano anterior o orçamento era o mesmo.


A a
dministração municipal ressalta que a mudança na gestão implicará positivamente em economia e também no aprimoramento dos serviços prestados. 

O processo licitatório que prevê a parceria garante que todas as modalidades aplicadas hoje serão mantidas pelos novos gestores. Aos funcionários foi proposto um acordo para que todos permaneçam em suas funções.

Atualmente, 12 mil crianças e adolescentes participam das atividades do GRB e este número deve ser ampliado para 17 mil até o final de 2017. 

Veja também: