​Pagamentos com cartões de crédito crescem mais de 42% no 1º trimestre desse ano

O aumento representa movimentação de R$ 478,5 bilhões em janeiro, fevereiro e março
Somando cartões de crédito, débito e pré-pago, foram realziados 100 milhões de pagamentos por dia (Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), os pagamentos com cartões de crédito cresceram 42,4% no 1º trimestre de 2022 em comparação ao mesmo período do ano passado. Uma movimentação de R$ 478,5 bilhões.

A expansão do comércio online e o controle da covid-19 impulsionaram o crescimento das transações de cartões de crédito. "A própria [variante] Ômicron, quando teve uma melhora a partir de fevereiro, os números passaram a acompanhar o que seria uma normalidade da vida urbana", afirma Rogério Panca, presidente da Abecs.

O segundo maior volume registrado nos três primeiros meses do ano foi o do cartão de débito, que movimentou R$ 235,4 bilhões e cresceu 15,2%. O cartão pré-pago também teve bons resultados: somou R$ 44,6 bilhões, com crescimento de 148,4%.

No total, as compras realizadas com cartões de crédito, débito e pré-pagos cresceram 36% no primeiro trimestre de 2022, somando R$ 758,6 bilhões. Os dados da associação mostram que os cartões e os meios digitais têm ganhado cada vez mais participação no consumo, principalmente em um cenário de maior controle da pandemia. Aanalisando apenas março, o aumento foi ainda maior: 45,3%.

100 milhões de pagamentos por dia 

Em quantidade de transações, esta foi a primeira vez que os brasileiros registraram uma média de 100 milhões de pagamentos com cartões por dia. Em janeiro, fevereiro e março de 2022, foram, ao todo, 9 bilhões de transações. Isso representa aumento de 38,4% em comparação com o mesmo período de 2021. 

O cartão de crédito foi a modalidade mais usada, com 4,3 bilhões (alta de 37,3%), seguido pelo cartão de débito, com 3,6 bilhões (alta de 21%) e pelo cartão pré-pago, com 1,1 bilhão (alta de 180%). 

Ainda segundo a Abecs, nos meses de janeiro e fevereiro, os gastos de brasileiros no exterior voltaram a crescer significativamente, com avanço de 107,5% (em comparação com o memso período do ano passado), e movimentaram US$ 849,7 milhões (R$ 4,57 bilhões). Já as compras realizadas por estrangeiros no Brasil subiram 64,5%, somando US$ 665,5 milhões (R$ 3,58 bilhões).

Pagamento por aproximação

O pagamento por aproximação, com uso da tecnologia NFC (Near Field Communication), é a modalidade que mais avança no Brasil. Ao todo, foram 2 bilhões de transações no 1º trimestre de 2022, crescimento de 474%, o que já representa 30% do total de pagamentos presenciais com cartões. Todo esse volume de transações somou R$ 103,2 bilhões, um montante 455,9% maior do que o registrado em igual período do ano passado.

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 22 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://girosa.com.br/