Casas de temporada têm variação de preço

Campos do Jordão tem as diárias mais caras

Passar as férias de julho em destinos turísticos de São Paulo é algo que se pode fazer alugando casas, segundo pesquisa do CreciSP.
Águas de Lindoia e Brotas estão com diárias mais caras que em julho de 2018, situação inversa em Serra Negra e Campos do Jordão, onde preços baixaram.
A diária que mais aumentou foi a de casas de 2 dormitórios em Águas de Lindoia – passou de R$ 220 para R$ 450, alta de 104,54%. A diária que ficou mais barata foi a de casas de 4 dormitórios em Campos do Jordão – baixou de R$ 1.400 para R$ 676, queda de 51,71%.
Serra Negra e Brotas são as que têm os imóveis de 2 dormitórios com diárias mais baratas. Na primeira, a média é de R$ 191. Em Brotas, média de R$ 310.
Em Atibaia as casas de 2 dormitórios tiveram alta de 32% (média de R$ 375) e de 3 e 4, valores caíram -30 e -35%, respectivamente, R$ 400 e R$ 490.

Veja também: