Logo Giro

Notícias

Search
Close this search box.
giro

Durante desentendimento, homem ameaça vizinhos com uma foice em Osasco

Logo Giro
Três boletins de ocorrências já foram registradas contra o morador (Divulgação/Reprodução-Record TV)

Munido com pedaço de madeira, o agressor quebrou a caminhonete de uma família estacionada na rua. Segundo a vítima, discórdia entre os vizinhos ocorre desde 2019. “Vivo trancada dentro de casa”

Uma briga entre vizinhos quase terminou em tragédia na cidade de Osasco. Enquanto ajudava a arrumar a mudança de sua irmã, Telma Aparecida de Almeida teria sido ameaçada por seu vizinho alcoolizado, Izaltino, com uma foice nas mãos. As informações foram divulgadas na segunda-feira (30) pelo programa “Balanço Geral”, da Record TV.

No momento das intimidações, a mulher junto a seu filho, Reginaldo Almeida, estava arrumando a mudança da irmã. O grupo correu, na tentativa de impedir que um crime ocorresse, enquanto o agressor foi contido por sua esposa e filha. Pouco tempo depois, munido com um pedaço de madeira, o homem ainda quebrou a caminhonete de uma família estava estacionada na rua. O local exato do incidente não foi informado.

“Eu quero poder sair, colocar meu carro do lado de fora e jogar uma água no carro. Mas eu não posso”, explicou Telma. “Eu vivo trancada dentro de casa, o máximo posso ir até a laje. Se ele estiver lá fora e eu aparecer, ele me xinga. Eu tenho que ficar dentro de casa. Eu vivo oprimida”.

De acordo com depoimentos da vítima, o desentendimento entre os vizinhos não é algo recente. A relação conturbada começou em 2019, quando Telma adquiriu uma caminhonete. Segundo ela, todas as ações e desentendimentos ocorreram motivadas por inveja que o indivíduo sentia. Para se proteger, a mulher instalou câmeras de segurança na residência, para monitorar as atitudes do morador.

Em 2020, Izaltino teria tentado atropelar a filha da vítima. A jovem estava em uma bicicleta, na frente da casa de sua mãe, quando o agressor empurrou seu carro contra ela. Em tentativa de separar a briga, Telma foi espancada, teve seu nariz quebrado e precisou passar por duas cirurgias. Na época, foi registrado um boletim de ocorrência por lesão corporal. Após o incidente, outras três ocorrências foram registradas contra o morador.

“Na delegacia, falei ‘Vocês estão esperando o quê? Ele vir me matar ou alguém da minha família, para aí poder me ajudar?’”, contou a vítima.

De acordo com o “Balanço Geral”, a esposa Izatino afirmou que jamais ameaçou a família, e que a arma estava em suas mãos porque o indivíduo estava cortando capim da rua para alimentar seus cavalos. “Todas as vezes que ela [Telma] pode provocar ele, ela provoca”, disse a companheira. Ainda segundo a esposa, os desentendimentos começaram a ocorrer pelo fato da vizinha gostar de ouvir música alta e atrapalhar o descanso do morador.  

Receba nossas notícias em seu e-mail

Cookie policy
We use our own and third party cookies to allow us to understand how the site is used and to support our marketing campaigns.

Headline

Never Miss A Story

Get our Weekly recap with the latest news, articles and resources.