Três eventos de lazer com entrada grátis neste final de semana

1E2CA91C-69B8-4289-BA15-4E6EEE4C4370
Mostra no Shopping JK exibe camisa de Pelé quando o Santos jogou com o Qtar. Foto: Lucia Camargo/Giro S/A

• A casa dos refugiados
O Sesc Osasco abriu em 20 de junho, Dia Mundial do Refugiado, a exposição "Em Casa, No Brasil", que traz uma casa da Acnur, a agência da ONU para Refugiados. Nela, é possível uma imersão sonora em 13 histórias de pessoas que precisaram se deslocar forçadamente de seus países de origem por perseguição ou conflitos e hoje vivem bem no Brasil.

Ao responderem à pergunta "o que te faz sentir em casa, estando longe da sua casa?", as narrativas abordam lembranças de como eram os seus lares no Afeganistão, Colômbia, Cuba, Irã, Moçambique, Nigéria, República Democrática do Congo, Síria e na Venezuela. Narrando o caminho percorrido até chegar ao Brasil, já aqui os depoimentos traçam sentimentos que as fazem "sentir-se em casa" no país. Palavras como "paz", "segurança", "prosperidade" e "liberdade" são recorrentes, embora cada história traga diferentes traços culturais e características singulares e emocionantes.

As casas da Acnur são Unidades de Habitação de Refugiados. Trata-se de um abrigo autônomo, sustentável e duradouro, concebido através de uma colaboração entre o Acnur, a empresa social Better Shelter e a Fundação Ikea. As RHUs são uma solução inovadora de abrigo, composta com estrutura de aço leve, energia solar para carregar lâmpadas e celulares, além de um inovador sistema de ancoragem e adaptação a diferentes condições climáticas. Cada RHU tem capacidade de abrigar cinco pessoas.

A mostra, que fica no gramado do Sesc Osasco, vai até 7 de julho e funciona de terça a sexta, das 13h30 às 21h30; sábados, domingos e feriados, das 10h30 às 18h30. Entrada gratuita.

• Qtar e a Copa do Mundo de 2022
Na zona sul de São Paulo, o Shopping JK Iguatemi mantém até segunda (24) a exposição sobre o Qtar, país que se prepara para sediar a Copa do Mundo de 2022. Para quem gosta de futebol vale a pena ver peças históricas. 

Por meio de fotos, maquetes dos futuros estádios, vídeos e mostra de camisetas, chuteiras, bolas e outros itens que marcaram Copas do Mundo, a exposição mostra aos brasileiros um pouquinho do Qtar. A mostra é gratuita e fica no terceiro andar do shopping.

• Arraial do Parque da Água Branca
Para quem gosta de festa junina, o Parque da Água Branca, na zona oeste de São Paulo, promove até domingo (23) de junho seu arraial. Com entrada gratuita traz as delícias doces e salgadas -- arroz doce, bolo de milho, canjica, maçã do amor, paçoca, caldos de mandioquinha e de palmito e costelinha com mandioca, além de quentão e vinho quente. Os preços são a partir de R$ 8.

Além da quadrilha a partir das 16h, a animação fica por conta da moda de viola, jogos de argola, pescaria, brinquedos infláveis e touro mecânico.

A entrada é gratuita, mas a organização arrecada alimentos e agasalhos para doação. A festa funciona das 9h às 19h.