2019: Tendências do turismo

Brasileiros viajantes desejam fazer em 2019 turismo voluntário (72%). A “experiência” também é mais valorizada do que bens materiais

De hostels a resorts de luxo, o site booking.com tornou-se uma ferramenta indispensável para viajantes independentes – daqueles que preferem montar seu roteiro a seguir pacotes de agências. Mais de 1,5 milhão de diárias são reservadas por dia neste gigante do turismo. 

Um dos pontos fortes da ferramenta é a avaliação do hóspede, servindo de base para que outros saibam dos pontos positivos e negativos. Baseado nessas avaliações, o site fez um levantamento para descobrir o que os turistas esperam para 2019.

Para muitos, viajar é aprendizado. Na pesquisa, 84% dos viajantes brasileiros consideram participar de intercâmbios para aprender algo novo, seguido por viagens com trabalho voluntário (72%) e trabalhos no exterior (72%).

Praticidade e inovações, como acessar o quarto por celular, sem chave, receber dicas ou acessar concierge robotizado são comodidades desejadas.

A viagem tendo como foco a experiência foi uma das principais tendências em 2018, mas 2019 vai se superar. Dois terços dos viajantes brasileiros (67%) dizem que as experiências são mais valorizadas do que os bens materiais. O mesmo percentual (67%) planeja viajar mais nos finais de semana. Roteiros mais simples em acomodações únicas e marcantes, para que possam ter uma experiência inesquecível, mesmo nas menores viagens.