Logo Giro

Notícias

Search
Close this search box.
giro

Dengue: Painel de Monitoramento recebe atualização diária das cidades

Logo Giro
Agentes de municípios da região metropolitana oeste fiscalizam residências (Divulgação/Reprodução/Site de Santana de Parnaíba)

A ferramenta atualiza dados como casos confirmados e óbitos, ajudando no combate à dengue no Estado. Municípios realizam diversas ações

O Centro de Operações de Emergências (COE), órgão pertencente ao Governo do Estado de São Paulo, lançou o Painel de Monitoramento da Dengue. O objetivo é ampliar a transparência da evolução dos casos de arboviroses no Estado. As arboviroses são doenças causadas por vírus transmitidos, principalmente, por mosquitos.

Atualizada diariamente com dados municipais, essa ferramenta disponibiliza as principais informações sobre a doença. Os dados poderão ser filtrados por data, município e Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE). O painel está disponível no link: https://dengue.saude.sp.gov.br/dengue/

“As informações podem ser acessadas pelo celular ou computador. Dessa forma, estamos ampliando o acesso da informação sobre a dengue para toda a população. São dados que nos ajudarão no combate à doença em todas as regiões do Estado”, afirma Tatiana Lang D’Agostini, diretora do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) da Secretaria de Estado da Saúde.

Dengue: Painel de Monitoramento recebe atualização diária das cidades
Mutirão contra o mosquito da dengue realizado no começo de fevereiro em Itapevi (Filipe Nunes/PMI)

Confira as informações contidas no site:

Total de notificados: total de casos notificados pelos municípios;

Número de óbitos: número de óbitos confirmados laboratorialmente e encerrados como óbito pelo agravo notificado pelos municípios;

Confirmados: casos que efetivamente foram, por meio de exames diagnósticos ou critério clínico-epidemiológico, confirmados como dengue;

Prováveis: são todos os casos notificados que não estão encerrados como confirmados ou descartados;

Em Investigação: casos notificados como suspeitos, mas ainda aguardando resultado de exame laboratorial comprobatório ou classificação por critério clínico-epidemiológico; e

Descartados: casos notificados e que, após investigação, foram descartados para a doença.

Dengue: Painel de Monitoramento recebe atualização diária das cidades
Apenas em janeiro de 2024, o município de Cotia registrou 117 casos da doença (Juliano Barbosa/PMC)

Gráficos sobre a dengue

O painel também traz diversos gráficos. Eles mostram os números de casos de dengue; dengue com sinal de alarme, que caracteriza todo caso da doença que, no período de queda da febre, apresenta dor abdominal intensa, vômitos persistentes e acúmulo de líquidos; além da dengue grave, que corresponde às condições de pulso diminuído ou indetectável, taquicardia, extremidades frias e sangramento grave.

Nos indicadores de incidência de casos, está representado o número de ocorrência de dengue por 100.000 habitantes. Já no de distribuição dos sorotipos de vírus de dengue, é informado qual a linhagem do vírus em circulação no Estado de São Paulo de acordo com cada região. Os sorotipos detectados são provenientes das amostras coletadas nas 71 unidades sentinelas da vigilância de arboviroses.

Dengue: Painel de Monitoramento recebe atualização diária das cidades
Equipes de Osasco percorrem os bairros para combater os criadouros do mosquito (Fernanda Cazzarini/Secom PMO/Divulgação)

Dengue na região

Como noticiou o GIRO, a cidade de Osasco, que possui mais de 740 mil habitantes, registrou 80 casos de dengue no mês de janeiro deste ano. De acordo com dados da Secretaria de Saúde do município, não houveram óbitos em virtude da doença infecciosa.

Osasco ainda não está na lista de municípios com alta transmissão. Contudo, equipes do Núcleo de Controle de Zoonoses/Arboviroses estão percorrendo os bairros da cidade em busca de criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor não apenas da dengue, mas também da Zika e Chikungunya.

Já em Cotia, apenas no primeiro mês de 2024, foram anotados 117 casos confirmados da doença. Durante todo o ano de 2023, foram 114 confirmações. A Vigilância Ambiental da cidade colocou suas equipes de controle de vetores nas ruas para localizar e eliminar focos do mosquito Aedes aegypti. Além disso, os agentes buscam conscientizar e lembrar a população que os cuidados contra a doença são responsabilidade de todos.

Para intensificar o combate ao mosquito responsável pela transmissão da dengue, zika e chikungunya, a Prefeitura de Itapevi realizou no dia 3 de janeiro o 1º Mutirão “Todos contra o Aedes” 2024, onde foram visitadas residências da Chácara Vitápolis. A ação será realizada em dias sem chuvas, até o mês de maio. A cada sábado, as equipes realizam os trabalhos em um bairro específico, visitando cada casa. Até lá, serão 13 mutirões.

As próximas visitas em Itapevi ainda no mês de fevereiro serão no Jardim São Carlos (17) e Jardim Santa Rita (24). Em março, o mutirão será no Jardim Rainha (2), Parque Wey (9), Bela Vista (16) e Parque Boa Esperança (23). Em abril, as visitas serão nas ruas do Alto da Colina (6), Jardim Paulista (13), Parque Suburbano (20) e Vila Santa Rita (27). No último mês de mutirão, em maio, serão percorridos os bairros do Jardim Alabama e Cruzeiro (4) e por fim o Parque Miraflores (11).

Já no dia 7 de fevereiro, os agentes de combate a endemias de Santana de Parnaíba realizaram mais um mutirão de prevenção, no bairro Cidade São Pedro. As equipes estão, de ponta a ponta da cidade, realizando a limpeza e remoção de possíveis focos do mosquito da dengue.

Dengue: Painel de Monitoramento recebe atualização diária das cidades
Mutirão de prevenção no bairro Cidade São Pedro, em Santana de Parnaíba (Divulgação/Reprodução/Site de Santana de Parnaíba)

Vacina da dengue

O Ministério da Saúde informou que 521 municípios receberão as primeiras doses da vacina da dengue. A imunização não inclui, neste momento, as cidades da região metropolitana oeste da Grande São Paulo.

As vacinas serão destinadas a regiões com municípios de grande porte, com população residente igual ou maior a 100 mil habitantes, e com registro de alta transmissão da doença nos últimos dez anos; além de cidades com alta transmissão de dengue nos últimos meses. No total, 16 estados e o Distrito Federal possuem localidades que preenchem os requisitos, entre eles São Paulo. Ficaram de fora Rio Grande do Sul, Pará, Mato Grosso, Ceará, entre outros. Confira matéria completa acessando aqui.

Dengue: Painel de Monitoramento recebe atualização diária das cidades
No total, 16 estados e o Distrito Federal possuem localidades que preenchem os requisitos para recebimento do imunizante (José Cruz/Agência Brasil/Arquivo)

Sintomas e prevenção

Veja como identificar os sintomas da dengue:

•        Febre alta;

•        Dor atrás dos olhos;

•        Dor no corpo;

•        Manchas avermelhadas na pele;

•        Coceira;

•        Náuseas; e

•        Dores musculares e articulares.

Veja as principais recomendações para eliminação de criadouros do Aedes aegypti:

• Eliminar pratos de plantas ou utilizar um prato justo ao vaso, que não permita acúmulo de água;

• Descartar pneus usados em postos de coleta da Prefeitura;

• Retirar objetos que acumulem água de quintais, como potes e garrafas;

• Verificar possíveis vazamentos em qualquer fonte de água;

• Tampar ralos;

• Manter o vaso sanitário sempre fechado;

• Identificar sinais de umidade em calhas e lajes; e

• Verificar a presença de organismos vivos em águas de piscinas ou fontes ornamentais.

Dengue: Painel de Monitoramento recebe atualização diária das cidades
Municípios receberão recursos para investir no combate ao mosquito transmissor da doença, o Aedes Aegypti (Divulgação/Governo de SP)

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Metropolitana da Grande São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes.    

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

*Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

Receba nossas notícias em seu e-mail

Cookie policy
We use our own and third party cookies to allow us to understand how the site is used and to support our marketing campaigns.

Headline

Never Miss A Story

Get our Weekly recap with the latest news, articles and resources.