Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Dengue: Cotia adota recurso estratégico no combate ao mosquito

Logo Giro
Tecnologia holandesa atrai a fêmea do mosquito, com água e uma rede contaminada por um fungo (Divulgação/Secom Cotia)

Novo recurso estratégico contra a dengue em Cotia faz com que o mosquito se contamine e morra. Saiba como funciona a nova tecnologia

Um novo recurso estratégico lançado pela Secretaria de Saúde da Prefeitura de Cotia deve ajudar no combate e eliminação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e outras doenças. A nova tecnologia é capaz de reduzir e acabar com a população do mosquito, pois além de não o deixar nascer, contamina a fêmea com um fungo. Ela então dissemina este fungo em outros criadouros espalhando o efeito da armadilha e impedindo o desenvolvimento de novas larvas para outros focos.

As armadilhas, que contam com tecnologia holandesa, são monitoradas por georreferenciamento. Elas consistem em um balde preto desenhado para atrair a fêmea do mosquito, com água e uma rede contaminada por um fungo. E é exatamente nesta rede que a fêmea do mosquito deposita os seus ovos e tem contato com o fungo. Além de matar as larvas, o fungo enfraquece o mosquito que repousou sobre ele reduzindo o seu tempo de vida.

Dengue: Cotia adota recurso estratégico no combate ao mosquito
Armadilhas espalhadas em pontos estratégicos ajudarão no combate à dengue (Divulgação/Secom Cotia)

Armadilhas contra a dengue

Segundo a Prefeitura, cerca de 500 armadilhas foram espalhadas por pontos estratégicos da cidade e nos próximos dias serão mais 500, totalizando mil armadilhas para combater o mosquito.
As armadilhas são mais uma das estratégias já utilizadas no município, reforçando o combate à dengue e às outras doenças que o mosquito Aedes aegypti transmite.

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Oeste Metropolitana de São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes.    

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

*Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

YouTube video

Receba nossas notícias em seu e-mail